NOVO vazamento de dados expõe contas com milhões de CPF’s e cartões de crédito

Na manhã de ontem, quinta-feira (25), um anúncio de um hacker em um fórum virtual fez com que especialistas na área de segurança digital suspeitassem de um possível novo vazamento de dados sobre cartões de créditos e CPF’s.

Novo vazamento de dados expõe contas com 12 milhões de cartões de crédito

Esses dados de 12 milhões de brasileiros foram colocados à venda por 50 mil dólares. De acordo com as especificações do anúncio, as informações foram roubadas do banco de dados do site Eduzz no mês de fevereiro.

Esse site é o mesmo que foi publicado o vazamento dos dados de 223 milhões de brasileiros.

Além do CPF, dados como vínculo empregatício, estado civil e renda brita mensal também foram vazados. Até mesmo dados de pessoas falecidas entraram na mira dos hackers.

A Polícia Federal está investigando esse primeiro vazamento. Após esse vazamento, no dia 10 de fevereiro, a empresa de segurança digital, a Psafe, alertou a população sobre a venda de quase 100 milhões de contas de celulares na deep wed, confirmando assim, o vazamento de dados de milhões de pessoas.

No dia 12 de fevereiro, foi anunciado em um fórum cibercriminoso à venda de um banco de dados com o número de telefone, perfil do Facebook, sexo, local de residência e de trabalho de 8 milhões de brasileiros.

Esses dados fazem parte do vazamento de informações de 990 milhões de perfis do Facebook em todo o mundo.

As informações vendidas foram confirmadas pela  HarpiaTech, consultoria de segurança digital.

O hacker deixou claro que a coleta dos dados foi possível, graças a falhas de segurança no Face entre 2018 e 2019.

O novo vazamento de dados foi identificado pela empresa de cybersegurança Syhunt e, segundo o fundador, Felipe Daragon, no anúncio o hacker disponibilizou um fragmento do conteúdo a ser vendido.

A amostra, segundo Daragon, apresenta senhas e dados pessoais de alguns cidadãos.

Porém, não é possível saber se os dados estão completos, já que são apenas os donos são capazes de afirmar a veracidade da informação.

Porém, essa amostra reforça a suspeita de um novo vazamento de dados, como afirmou Daragon.

Caso isso seja confirmado pode vim a prejudicar milhões de pessoas e interferir na segurança de suas contas bancárias ou das redes sociais.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.