Comitê da prefeitura de BH decide adiar volta às aulas marcadas para março

O Comitê de Enfrentamento à Epidemia da Covid-19 da Prefeitura de Belo Horizonte decidiu adiar a volta às aulas, marcadas para a primeira semana de março. Segundo o comitê, será informada uma nova data, após a análise dos indicadores da Covid-19 da semana que vem.

Comitê da prefeitura de BH decide adiar volta às aulas marcadas para março
Comitê da prefeitura de BH decide adiar volta às aulas marcadas para março (Imagem: Google)

A partir do resultado da quantidade de casos de Covid-19 no município é que será definido se haverá a volta às aulas nas escolas de forma presencial. A espera, segundo o Comitê, é para observar os impactos gerados pelas viagens realizadas durante o feriado de carnaval.

As aulas para o ensino fundamental e médio já retornaram, porém de forma remota. Já os estudantes entre 0 e 5 anos, ou seja, do maternal a educação infantil, que estão matriculados nas escolas públicas de Belo Horizonte, estão sem aulas.

Diante disso, será o novo cenário da doença e o quadro geral da pandemia no estado de Minas Gerais que irá definir as novas datas para a retomada das aulas presencias, principalmente, para crianças de até 5 anos e 8 meses.

O governo de Minas Gerais anunciou o fechamento das escolas no dia 17 de março de 2020, porém, a medida começou a valer para as escolas estaduais e particulares apenas no dia 18. As escolas municipais de BH suspenderam as aulas apenas no dia 19 de março.

As instituições privadas tentaram retornar seis meses depois, porém, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) cassou o alvará, impedindo as aulas presenciais antes que os indicadores da Covid-19 se mostre estável.

Diante disso, o Comitê já chegou a defender que o retorno das aulas presenciais só deve ocorrer se a incidência da doença atingir o patamar de 20 por 100 mil habitantes.

Porém, nos últimos tempos tem se mostrado mais flexível, afirmando está em diálogo constante com especialistas da área da saúde, para buscar a melhor forma e momento da retomada.

O Comitê de Enfrentamento à Epidemia da Covid-19 de BH também não descartou a possibilidade de flexibilizar o protocolo definido anteriormente de 20 casos para 100 mil habitantes.

O infectologista Estevão Urbano, membro do comitê, afirmou que o município vem trabalhando na proposta do retorno das aulas de forma gradual, a princípio para as crianças mais novas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.