Atualize inscrição no Cadastro Único e garanta acesso a uma série de programas

A inscrição no Cadastro Único (CadÚnico) é a porta de entrada para diversos programas e benefícios do Governo Federal. Ela deve estar rotineiramente atualizada para que não haja perda das vantagens. As inscrições devem ser realizadas através dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) do seu município.

Atualize inscrição no Cadastro Único e garanta acesso a uma série de programas
Atualize inscrição no Cadastro Único e garanta acesso a uma série de programas (Imagem: Reprodução / Google)

Alguns programas e benefícios sociais do Governo Federal que utilizam o Cadastro Único como base para seleção das famílias:

  • ​​Programa Bolsa Família
  •  Programa Minha Casa, Minha Vida
  •  Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental
  •  Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI​
  •  Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
  • Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Telefone Popular;
  • Carta Social;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Passe Livre para pessoas com deficiência;
  • Isenção de Taxas em Concursos Públicos.

Inscrição no Cadastro Único

Para se inscrever no CadÚnico, alguns requisitos devem ser respeitados, como pertencer a famílias:

  • Que ganham até meio salário mínimo por pessoa; ou
  • Que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal ​tota​l.

Desta família, um representante deve ser escolhido. Fica sob a responsabilidade deste se dirigir ao Cras e manter o cadastro de todos atualizados. É importante que:

  • O responsável faça parte da família, more na mesma casa e tenha pelo menos 16 anos
  • Para o responsável pela família, de preferência uma mulher, é necessário o CPF ou Título de Eleitor
  • Exceção: no caso de responsável por famílias indígenas e quilombolas, pode ser apresentado qualquer documentação

Ao chegar no Cras, o representante deve ter em mãos uma série de documentos de cada integrante que compõe a família, como:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI);
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor.

Informações como nascimento de um novo membro da família, mudança de endereço ou trabalho, aumento da renda, adoção ou falecimento devem ser imediatamente informadas ao Cras para atualização dos dados.

Importante lembrar que essa etapa também é de responsabilidade do representante da casa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Isabela Veríssimo
Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA