Doses de vacina da COVID-19 estão acabando e governadores pedem explicações

As doses de vacina contra a covid-19 estão acabando e os governadores e congressistas estão preparando uma ofensiva sobre o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, para agilizar a chegada de novos imunizantes ao Brasil.

Doses de vacina da COVID-19 estão acabando e governadores pedem explicações
Doses de vacina da COVID-19 estão acabando e governadores pedem explicações (Imagem: Alena Shekhovtcova/Pexels)

A pressão cresceu em cima do general após Pazuello garantir que todo o País será imunizado ainda em 2021, mesmo com o governo federal se mostrando um fracasso para ampliar a oferta de vacinas e organizar um calendário.

O Fórum dos Governadores se reuniu hoje, 17 com Pazuello. Os chefes dos Estados e do Distrito Federal cobraram novamente um cronograma para a entrega das doses. 

“Nos aproximamos de 30 dias do início da vacinação com perspectiva de alcançar apenas 3% da população brasileira vacinada. Neste ritmo, não vai se concretizar o plano do governo de vacinar, até junho, metade da população”, declarou o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), que coordena trabalhos do Fórum sobre vacina.

Pazuello afirmou que 11,1 milhões de doses já foram entregues. Esta quantidade deve servir parta vacinar cerca de 6,5 milhões de pessoas. De acordo com dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa juntamente com as secretarias estaduais de saúde, o número de pessoas vacinadas no Brasil chegou a cerca de 5 milhões no último domingo, 14.

Devido a pressão de uma CPI, o ministro afirmou a senadores no último 11, que 50% da população será vacinada até junho. Os outros 50%, até dezembro, disse o general. 

O ministro da Saúde disse que o Brasil trabalha para ter “reservas” de vacina e até mesmo exportar para outros países da América Latina.

Porém as campanhas de vacinação vem sendo prejudicadas pela falta de doses. No Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes (DEM) disse nesta semana, que irá paralisar a aplicação da vacina pela falta de doses.

Pressão Parlamentar 

A agilidade na entrega das doses também é cobrada pelo Congresso. O deputado federal e líder do Cidadania, Alex Manente (SP), por exemplo, apresentou um requerimento de informações para que o ministro da saúde detalhe o plano de vacinação contra a covid-19. 

O deputado solicita o volume de recursos que o governo federal planeja destinar, a quantidade de imunizante, prazos de recebimento, a logística, cópia de contratos assinados com os laboratórios, razões pela demora da vacinação e o planejamento para dar visibilidade para as campanhas. O pedido ainda necessita de aprovação pela Mesa da Câmara.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Doses de vacina da COVID-19 estão acabando e governadores pedem explicações

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA