SENAI cria parcerias para contratação de Jovem Aprendiz em 21 estados

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), em parceria com indústrias de todo o país, está com 61.218 vagas abertas para Jovem Aprendiz. Os contratos oferecem cursos gratuitos no Senai e trabalho de até dois anos em empresas parceiras. As oportunidades são para 21 estados.

SENAI cria parcerias para contratação de Jovem Aprendiz em 21 estados
SENAI cria parcerias para contratação de Jovem Aprendiz em 21 estados. (Imagem: Divulgação Senai)
publicidade

O programa incentiva o primeiro emprego para adolescentes e jovens e é voltado a estudantes de 14 a 24 anos. Para participar, é necessário estar matriculado no nono ano do ensino fundamental ou nos anos seguintes, na Educação de Jovens e Adultos (EJA) ou já́ ter concluído o ensino médio.

Vagas e detalhes do Jovem Aprendiz

Os processos seletivos são realizados pelas próprias empresas e podem ser divulgados na página do Senai de cada região. Há oportunidades para diferentes áreas tecnológicas, como eletroeletrônica, construção civil, automação, tecnologia da informação, logística, alimentos, entre outras.

No ano passado, o Senai e a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Produtividade (Sepec) do Ministério da Economia lançaram o Aprendizagem 4.0. O programa oferece um formato mais digital, alinhado às necessidades da indústria 4.0 e ao desenvolvimento de competências socioemocionais.

O novo sistema oferece uma combinação das modalidades de educação a distância (EaD) e presencial. O jovem também poderá aproveitar a carga horária para dar continuidade aos estudos no Senai depois que terminar o período de aprendiz. Confira as vagas disponíveis:

  • Acre (AC): 335 vagas
  • Amazonas (AM): 488
  • Bahia (BA): 823
  • Distrito Federal (DF): 315
  • Espírito Santo (ES): 1.126
  • Goiás (GO): 2.281
  • Mato Grosso (MT): 600
  • Pará (PA): 1.106
  • Paraíba (PB): 780
  • Paraná (PR): 15.000
  • Pernambuco (PE): 1.052
  • Piauí (PI): 407
  • Rio de Janeiro (RJ): 6.937
  • Rio Grande do Norte (RN): 285
  • Rio Grande do Sul (RS): 9.500
  • Rondônia (RO): 735
  • Roraima (RR): 35
  • Santa Catarina (SC): 10.923
  • São Paulo (SP): 6.634
  • Sergipe (SE): 1.500
  • Tocantins (TO): 356

A jornada máxima de trabalho para jovens aprendizes é de 6 horas diárias, para estudantes com ensino fundamental, e 8 horas para quem concluiu o ensino médio. A carga horária contempla as atividades teóricas e práticas. A remuneração é calculada com base no salário-mínimo.

O Senai é o maior complexo privado de educação profissional e de serviços tecnológicos da América Latina e está presente em cerca de 3.200 municípios brasileiros, com 583 unidades fixas e 487 unidades móveis.

Mônica ChagasMônica Chagas
Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do FDR.