Boleto único do IPVA RS garante desconto de 21,6% para pagamento este mês

Os contribuintes do Rio Grande do Sul que realizarem o pagamento antecipado do Imposto sobre a Propriedade de Veículos (IPVA) em fevereiro, poderão garantir descontos. Ao quitar o valor do IPVA RS até dia 26 de fevereiro, será possível obter redução de até 21,60%.

Boleto único do IPVA RS garante desconto de 21,6% para pagamento este mês
Boleto único do IPVA RS garante desconto de 21,6% para pagamento este mês (Imagem: Divulgação/Detran-RS)

O desconto máximo de 21,60% no IPVA 2021 poderá ser obtido pela soma dos benefícios — 2% de redução pela antecipação. Além de descontos de Bom Motorista e Bom Cidadão.

Pelo Bom Motorista, está previsto um desconto de 15% para quem estiver há três anos sem infrações de trânsito. No caso do Bom Cidadão, o contribuinte poderá ter 5% de benefício para 150 ou mais notas fiscais com CPF.

O imposto poderá ser pago em qualquer agência, pontos de atendimento ou via home banking (internet) dos bancos Banrisul, Bradesco, Sicredi e Santander.

O contribuinte também poderá quitar o tributo pelas agências lotéricas da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. No caso do BB, o pagamento poderá ser feito somente por clientes.

Para pagar o valor do IPVA, o proprietário deverá apresentar o Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) ou a placa e o Renavam do veículo. Vale ressaltar que a taxa de licenciamento e as multas poderão ser pagas separadamente do IPVA.

As informações relativas ao veículo — como o valor do IPVA, multas e pendências — poderão ser vistas no site IPVA RS ou pelo aplicativo IPVA RS, disponível nas lojas dos sistemas Android e iOS.

Segunda parcela do IPVA RS

Quem optar pelo parcelamento do IPVA em três vezes também precisará quitar a segunda cota até dia 26 de fevereiro. Vale ressaltar que a pessoa deve ter pago a parcela do imposto de janeiro. O contribuinte poderá ter 2% de desconto ao pagar esta parcela dentro do prazo estipulado.

A terceira parcela deverá ser paga em março, até dia 31. Neste caso, há um desconto de 1% ao contribuinte do estado.

O pagamento poderá ser feito nos mesmos bancos citados acima, mas o parcelamento não será possível ser realizado nas agências da Caixa Econômica Federal. Dessa forma, o contribuinte devera quitar as cotas nos sistemas dos bancos credenciados.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA