Guedes confirma antecipação do 13° salário do INSS em 2021; quem vai receber?

Ministro da economia retoma debate sobre antecipação do 13º salário pelo INSS. Nessa semana, Paulo Guedes reforçou mais uma vez seu interesse em adiantar o pagamento do abono natalino dos aposentados e pensionistas. No entanto, é preciso ficar atento pois nem todos os segurados deverão ser contemplados.

Guedes confirma antecipação do 13° salário do INSS em 2021; quem vai receber? (Imagem: Google)
Guedes confirma antecipação do 13° salário do INSS em 2021; quem vai receber? (Imagem: Google)

A antecipação do 13º salário pelo INSS tem sido vista como uma forma de garantir a rotatividade financeira do país ao longo deste primeiro semestre.

Ainda sentido os impactos negativos do novo coronavírus, o governo avalia a possibilidade de adiantar a liberação de uma série de benefícios.

13º do INSS

No que diz respeito aos aposentados e pensionistas, a ideia é que o abono de natal não seja concedido em dezembro. A gestão econômica vem estudando a possibilidade de antecipar as duas parcelas de 50% cada até o mês de agosto.

É válido ressaltar que a mesma medida foi tomada ano passado, injetando mais de R$ 400 bilhões na economia nacional. Para 2021 espera-se a mesma projeção, mas a decisão pode variar a depender do orçamento público.

Quem terá direito ao abono antecipado?

A regulamentação de pagamento do benefício deverá seguir as mesmas regras já implementadas pelo INSS. Aposentados e pensionistas fixos terão direito ao pagamento, porém segurados do Benefício da Prestação Continuada (BPC), por exemplo, ficarão exclusos da rodada.

Isso ocorre porque, segundo a legislação que valida o BPC, o benefício só pode ser concedido em até 12 parcelas mensais, referentes ao período de janeiro até dezembro. Não há concessão do 13º mesmo antes a chegada da pandemia. Para esse grupo, o valor é fixado em R$ 1.102 (atual salário mínimo).

Meios de pagamento de descontos tributários

Se seguir o modelo implementado em 2020, o governo ofertará o benefício em duas parcelas. A primeira é de 50% do salário do segurado, sem correções ou reajustes. Já a segunda deve ser também de 50% mas serão descontadas as taxas tributárias.

Para mais informações sobre os benefícios e calendários de pagamento do INSS fique de olho em nossa página previdenciária exclusiva. Nela é possível ter acesso a todas as concessões e ainda usufruir de manuais que te explicam como fazer solicitações digitais pelo órgão.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.