Calendário INSS 2021: Confira QUANTO vai receber a partir do dia 25

Segurados do INSS passam a receber seus salários a partir do próximo dia 25. Para os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social, a nova rodada de pagamentos está prestes a começar. Com as correções do piso nacional, o valor a ser concedido passou por reajustes.

Calendário INSS 2021: Confira QUANTO vai receber a partir do dia 25 (Imagem: Agência Brasil)
Calendário INSS 2021: Confira QUANTO vai receber a partir do dia 25 (Imagem: Agência Brasil)
publicidade

Anualmente o INSS precisa renovar não só o calendário de pagamentos, como também o valor dos salários e pensões dos segurados. O reajuste acontece tendo em vista que o governo deve aplicar aumentos no salário mínimo nacional. Isso significa que tanto o piso quanto o teto da previdência foram modificados.

Quanto irei receber pelo INSS em 2021?

Neste ano, o novo valor de base do órgão é de R$ 1.100, o que quer dizer que nenhum benefício pode ser concedido com uma quantia inferior a esta.

Porém, no que diz respeito ao teto, o pagamento máximo deve ser de R$ 6.101,06, ou seja, nem mesmo os aposentados com faixa de renda e contribuição maiores que essas, terão acesso a um salário superior.

De modo geral, o reajuste feito nas contas do INSS para 2021 foi de 5,25%. Além disso, é preciso levar em consideração ainda as taxações da inflação, que variam de acordo com a faixa de salário dos cidadãos.

Esse ano, os reajustes das cobranças e cálculos tomarão como modelo a seguinte tabela:

  • Até janeiro de 2020 – 5,45%
  • Em fevereiro de 2020 – 5,25%
  • Em março de 2020 – 5,07%
  • Em abril de 2020 – 4,88%
  • Em maio de 2020 – 5,12%
  • Em junho de 2020 – 5,39%
  • Em julho de 2020 – 5,07%
  • Em agosto de 2020 – 4,61%
  • Em setembro de 2020 – 4,23%
  • Em outubro de 2020 – 3,34%
  • Em novembro de 2020 – 2,42%
  • Em dezembro de 2020 – 1,46%

Alíquotas reajustadas

É importante observar ainda que as alíquotas de contribuição também foram alteradas a partir do salário dos segurados, agora elas estão divididas pelas faixas de renda abaixo:

  • Até R$ 1.100,00 (salário mínimo) – 7,5%
  • De R$ 1.100,00 até R$ 2.203,48 – 9%
  • De R$ 2.203,49 até R$ 3.305,22 – 12%
  • De R$ 3.305,23 até R$ 6.433,57 – 14%

Calendário do INSS 2021

Como mencionado, o calendário de pagamentos será iniciado no próximo dia 25. É importante observar que há duas divisões, sendo a primeira destinada para quem recebe até um salário mínimo e a segunda para aposentados com quantias maiores.

Para saber o dia exato em que será contemplado, basta acompanhar o número final de inscrição no órgão.

Para quem recebe até 1 salário mínimo

Final 1 25/1; 22/2; 25/3; 26/4; 25/5; 24/6; 26/7; 25/8; 24/9; 25/10; 24/11 e 23/12
Final 2 26/1; 23/2; 26/3; 27/4; 26/5; 25/6; 27/7; 26/8; 27/9; 26/10; 25/11 e 27/12
Final 3 27/1; 24/2; 29/3; 28/4; 27/5; 28/6; 28/7; 27/8; 28/9; 27/10; 26/11 e 28/12
Final 4 28/1; 25/2; 30/3; 29/4; 28/5; 29/6; 29/7; 30/8; 27/9; 28/10; 29/11 e 29/12
Final 5 29/1; 26/2; 31/3; 30/4; 31/5; 30/6; 30/7; 31/8; 30/9; 29/10; 30/11 e 30/12
Final 6 1º/2; 1º/3; 1º/4; 3/5; 1º/6; 1º/7; 2/8; 1º/9; 1º/10; 1º/11; 1º/12 e 3/1/2022
Final 7 1º/2; 1º/3; 1º/4; 3/5; 1º/6; 1º/7; 2/8; 1º/9; 1º/10; 1º/11; 1º/12 e 3/1/2022
Final 8 3/2; 3/3; 6/4; 5/5; 4/6; 5/7; 4/8; 3/9; 5/10; 4/11; 3/12 e 5/1/2022
Final 9 4/2; 4/3; 7/4; 6/5; 7/6; 6/7; 5/8; 6/9; 6/10; 5/11; 6/12 e 6/1/2022
Final 0 5/2; 5/3; 8/4; 7/5; 8/6; 7/7; 6/8; 8/9; 7/10; 8/11; 7/12 e 7/1/2022

Para quem recebe acima de 1 salário mínimo

Finais 1 e 6 1º/2; 1º/3; 1º/4; 3/5; 1º/6; 1º/7; 2/8; 1º/9; 1º/10; 1º/11; 1º/12 e 3/1/2022
Finais 2 e 7 1º/2; 1º/3; 1º/4; 3/5; 1º/6; 1º/7; 2/8; 1º/9; 1º/10; 1º/11;

1º/12 e 3/1/2022

Finais 3 e 8 3/2; 3/3; 6/4; 5/5; 4/6; 5/7; 4/8; 3/9; 5/10; 4/11; 3/12 e 5/1/2022
Finais 4 e 9 4/2; 4/3; 7/4; 6/5; 7/6; 6/7; 5/8; 6/9; 6/10; 5/11; 6/12 e 6/1/2022
Finais 5 e 0 5/2; 5/3; 8/4; 7/5; 8/6; 7/7; 6/8; 8/9; 7/10; 8/11; 7/12 e 7/1/2022

 

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.