Sebrae lista DEZ dicar para abrir comércio voltado aos pets em 2021

Um dos mercados com maior crescimento nos últimos anos no Brasil sem dúvida foi o voltado aos pets. A informação vem do próprio Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), onde afirmou que os petshops foram uma das ideias de negócio mais procuradas no último ano.

Sebrae lista DEZ dicar para abrir comércio voltado aos pets em 2021 (Imagem: Google)

Por conta disso, o SEBRAE elaborou um material especial com dicas para as pessoas que desejam investir neste segmento. Este material contém informações como expectativas de mercado, dicas de localização, orientações com exigências legais e tem até um glossário da área.

6 dicas do Sebrae para a abertura de um novo Petshop

1: Investimento: Para um pet shop de pequeno porte, instalado em uma área de 60 m², é estimado um investimento de cerca de R$ 45 mil, fora o aluguel.

Neste valor está incluso um carro utilitário usado no valor de R$ 20 mil (para ser usado no transporte dos animais, por exemplo), além de equipamentos como máquinas de tosa, secadores, computador, entre outros coisas.

2: Controle de gastos: é imprescindível criar uma quadro de gastos com as despesas variáveis, fixas e comerciais. Nestas despesas estão as do aluguel salário de empregados, despesas de material de escritório, produtos para revenda, impostos e as taxas cobradas pelos meios de pagamento.

3: Pense em um diferencial: sempre pense em algo que possa diferenciar o seu negócio dos demais. É recomendado oferecer produtos e serviços variados e opções de comodidade para seus clientes como atendimento em domicílio ou transporte de animais.

4: Qualidade é a palavra chave: Sempre se preocupe com a qualidade do serviço que está oferecendo. Mantenha um ambiente agradável, tenha funcionários atenciosos e que principalmente se preocupem com os animais.

5: Divulgação: a propaganda é a alma do negócio e essencial para que as pessoas o conheçam. Invista em divulgação nas redes sociais e faça parcerias com clinicas veterinárias e empresas dp segmento.

6: Se atente às exigências legais, normas e decretos: os petshops devem obedecer algumas normas obrigatórias, como a obtenção do alvará de licença da Vigilância Sanitária.

O espaço em que serão realizados o banho e tosa, por exemplo, precisa ter área mínima de dois metros, com piso e paredes impermeáveis, e chão liso e resistente a desinfetantes. Descumprir as determinações pode resultar em multas e até o fechamento do negócio.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.