Ações na justiça rendem uma bolada em atrasados do INSS; veja quem pode receber

Atrasos nos serviços do INSS geram inúmeros processos garantindo restituições acima do piso. Devido ao novo coronavírus, os pagamentos previdenciários foram atrasados, filas prolongadas, entre outros problemas. O resultado dessa crise foi que o órgão precisou fazer uma série de revisões nos valores dos segurados, podendo estes receberem até 60 salários mínimos.

Ações na justiça rendem uma bolada em atrasados do INSS; veja quem pode receber (Imagem: Google)
Ações na justiça rendem uma bolada em atrasados do INSS; veja quem pode receber (Imagem: Google)

Para quem ficou nas filas do INSS por mais de 90 dias ou teve os valores de seus benefícios alterados, é possível ser indenizado pelo órgão.

Nas últimas semanas, começaram a ser divulgados os processos de revisão previdenciária. O procedimento é feito de forma legal e pode permitir que o cidadão receba quantias maiores.

Como posso receber os atrasados do INSS?

Para ter acesso a revisão, você deve se atentar a modalidade na qual está incluso. No caso daqueles que solicitaram a aposentadoria, por exemplo, a análise passa a ser feita por meio do calculo das diferenças entre o benefício que o INSS estava pagando e o benefício com o seu valor segurado por lei.

Segurados do auxílio doença do INSS

Nesse grupo a revisão pode ser solicitada por quem recebeu R$ 1.045 de forma antecipada até o dia 30 de outubro.

É importante relembrar que o pagamento prévio foi autorizado por lei em abril, mas o INSS ainda tem a obrigação de fazer as correções tendo em vista que só foi concedido o valor do piso nacional.

A correção nesse caso é feita levando em consideração o tempo de afastamento e o valor total das parcelas já concedidas.

Por fim, o órgão deve considerar ainda a faixa salarial do segurado para fazer o reajuste proporcional.

Segurados que cumpriram uma exigência

Essa revisão é endereçada para quem precisou completar alguma documentação em falta. Normalmente o INSS volta as análises dos segurados que não apresentam os dados devidamente atualizados.

Nesse tipo de atraso o órgão é obrigado também a fazer a restituição observando a data em que o documento foi entregue, quando a análise foi concluída, e quando o benefício foi concedido. Ou seja, o calculo passa a ser feito de forma retroativa desde a primeira solicitação.

Para saber mais sobre o INSS permaneça de olho em nossa página previdenciária.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Ações na justiça rendem uma bolada em atrasados do INSS; veja quem pode receber

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA