Dois cálculos que vão te ajudar a ECONOMIZAR na ceia de Natal

Neste ano, mesmo que a ceia de Natal tenha menos pessoas, o gasto é uma das coisas que não se pode fugir, então o brasileiro precisará economizar o máximo do seu orçamento. Para isso, duas contas podem ajudar a reduzir o valor durante as compras.

Dois cálculos que vão te ajudar a ECONOMIZAR na ceia de Natal
Dois cálculos que vão te ajudar a ECONOMIZAR na ceia de Natal (Imagem: Ben White/Unsplash)

Faça conta por unidade, grama ou mililitro

Muitos produtos vêm em pesos diferentes e isso acaba confundindo no momento de comprar os valores cobrados no mesmo produto. O certo é realizar a conta por unidade, grama ou mililitro para saber o que está saindo mais barato.

Como por exemplo, em uma lata de refrigerante que tenha 250 mililitros e está sendo vendida por R$3,50, cada mililitro sai por R$0,014.

Para saber quanto está sendo cobrado basta dividir o preço, que é R$3,50 pela quantidade do produto, que é de 250 ml.

Sendo assim, quando for realizada a comparação com unidades maiores ou menores, a conta é a mesma para saber quanto custa cada mililitro.

Pensando dessa forma, fica mais fácil calcular o que realmente vale a pena. Isto é, se compensa comprar um refrigerante de 2 litros ou latas de 250 ml.

Preço por quilo

Os mercados estão vendendo cada vez mais produtos já embalados ao invés de pesar na hora, isso tira a ideia de quanto está sendo pago pelo quilo do alimento.

Por exemplo, 140 gramas de bacon vendido a R$14,98. Para fazer o cálculo do preço do quilo é multiplicado por 1000 pelo preço R$14,98 e dividido por 140 gramas.

Sendo assim, o quilo do pacote fechado custa cerca de R$107, um valor alto do que o bacon vendido por quilo no açougue, será de cerca de R$19.

Outras formas de economizar na ceia de Natal

Faça uma ceia colaborativa, em que todas as pessoas que vão participar ou cada família leve algum prato salgado ou doce.

Não compre por impulso

Não saia comprando tudo que vê, faça uma lista do que precisa comprar e siga esse check list, isso evita comprar muita comida ou coisas que não vão ser usadas.

Cuidado com o uso do cartão de crédito

Os cartões de crédito devem ser usados com cautela ou então podem virar um vilão para suas finanças.

A facilidade que os cartões de crédito proporcionam pode ser usada da forma errada nesta época do ano em que os consumidores estão muito eufóricos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.