Como vai funcionar o Casa Verde e Amarela financiado pelo Caixa TEM?

Caixa Econômica Federal anuncia funcionamento do Casa Verde e Amarela pelo Caixa Tem. Nessa semana, o presidente da instituição financeira, Pedro Guimarães, informou que já está elaborando as estratégias de utilização da plataforma. De acordo com ele, os usuários poderão fazer as operações em microcrédito de forma segura e mais rápida.

Como vai funcionar o Casa Verde e Amarela financiado pelo Caixa TEM? (Imagem: Divulgação/Caixa)
Como vai funcionar o Casa Verde e Amarela financiado pelo Caixa TEM? (Imagem: Divulgação/Caixa)

Ao anunciar que estará ligando o Caixa Tem ao Casa Verde e Amarela, a Caixa Econômica passou a explicar como será o funcionamento do serviço. A ideia é que os usuários façam o pagamento de seus financiamentos por meio da poupança digital, que agora conta com uma linha de microcrédito especial.

De acordo com Guimarães, cerca de 10 milhões de pessoas que até então não estavam inclusas nos serviços bancários, poderão participar do financiamento imobiliário pelo Caixa Tem.

A ideia é que as operações digitais passem a amplificar o número de participação da população nos serviços de crédito.

“85% do crédito imobiliário da Caixa tem origem em correspondentes do banco [como lotéricas e correspondentes bancários], que atuam em locais onde não há agências. Logo, esse aplicativo vai de encontro com nossos objetivos”, acrescentou o executivo.

Pix incluso na proposta

Para tornar o serviço ainda mais seguro, o gestor informou que o Pix será incluso nas operações. Por meio das chaves criadas no aplicativo, os usuários poderão realizar seus pagamentos com transferências automáticas. Até o momento, cerca de 18,5 milhões de pessoas estão cadastradas no PIX, sendo 47% cliente do Caixa Tem.

“A bancarização é um fato. Essas pessoas entraram via Caixa Tem, se bancarizaram e hoje já têm movimentação bancária, inclusive no PIX“, reforçou ele.

Retorno financeiro

De acordo com os números da instituição, no terceiro trimestre desse ano foram contratados R$ 33 milhões em serviços de crédito. O número é 21,5% maior que o apurado total no segundo semestre e 58% maior do que todo o acumulado de 2019.

‘Retomamos o nível operacional de antes do coronavírus e crescemos mais do que o ano passado. Aconteceu o mesmo em relação ao consignado”, disse Guimarães.

O banco informou ainda que a partir de janeiro as contratações do novo programa habitacional já ficarão disponíveis.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.