PIX lidera preferência dos brasileiros entre TED e DOC; confira as vantagens

Lançado a menos de um mês, o PIX, nova solução de pagamentos do Banco Central, já está ganhando a preferência dos brasileiros frente as demais operações do sistema bancário tradicional. Este dado foi obtido por uma pesquisa do IBOPE encomendada pelo C6 Bank.

PIX lidera preferência dos brasileiros entre TED e DOC; confira as vantagens
PIX lidera preferência dos brasileiros entre TED e DOC; confira as vantagens (Imagem Google)

De acordo com a pesquisa, em menos de sete dias do lançamento do PIX, 60% dos entrevistados já estavam o preferindo em relação ao DOC e ao TED.

Também foi analisado a intenção de uso do serviço e mais de 50% das pessoas pretendem utilizar a solução para o pagamento de contas de consumo, como telefone, água e luz.

Já uma parcela de 45% querem utilizar o PIX para pagar produtos e serviços em estabelecimentos comerciais, que poderão ser realizados através da leitura de QR Code na maquininha ou na tela do computador do caixa.

A pesquisa do IBOPE, revelou que 53% dos entrevistados vão dar preferência ao Pix do que ao pagamento com cartões de crédito e débito nas maquinas.

A maior adesão ao PIX aconteceu no estados do Norte e Nordeste, seguido pelo Sudeste. Somente 8% do público entrevistado não conhecia ou não sabia exatamente do que se tratava o sistema de pagamentos.

Entre os usuários já cadastrados, a maioria é de homens na faixa etária entre 25 e 34 anos e das classes A e B.

A pesquisa mostra que é questão de tempo para que todos adotem o uso do PIX: entre os os cadastrados, 35% declararam que usarão o novo sistema em breve e um terço dos participantes afirmou que o uso vai aumentar à medida que forem conhecendo mais sobre a solução de pagamentos.

O PIX está em operação desde o dia 16 de novembro e até a última quinta, 3, foram finalizadas cerca de 40 milhões de transações que juntas somaram R$40,5 bilhões.

De acordo com o Banco Central, 99,7 milhões de chaves foram cadastradas por 40,4 milhões de pessoas físicas e 2,5 milhões de empresas.

Até o último dia 18 de novembro, o sistema já estava disponível na plataforma de 735 instituições, dos grandes bancos, das várias fintechs, carteiras digitais e também das cooperativas de crédito.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.