Tesouro Selic autoriza investimentos a partir de R$100; saiba como fazer

Montar uma reserva de emergência as vezes pode ser um desafio para algumas pessoas. Mas há várias formas de economizar e fazer o seu dinheiro render. Hoje, vamos te ensinar a fazer investimento com cerca de R$ 100 no Tesouro Selic, a partir do seu dinheiro que está guardado.

Tesouro Selic termina outubro com rentabilidade de 0,03%, abaixo do valor da poupança
Tesouro Selic autoriza investimentos a partir de R$100; saiba como fazer (Imagem: Skitterphoto/Pexels)

Primeiramente, será preciso realizar a transferência do valor da sua conta para a sua corretora de confiança. A partir disso será possível iniciar o processo de investimentos.

Os procedimentos de confirmação de dados são realizados pela própria corretora. A partir da confirmação que o dinheiro está em sua conta na corretora,, será possível escolher qual a melhor forma de investir.

Como começar a investir?

Este processo também é simples. Como o propósito é ter rendimento sob o valor guardado para reserva emergencial, o objetivo é que o dinheiro fique disponível para saque de forma fácil. Com isso, o ideal é optar por investimentos de renda fixa, como o Tesouro Selic.

A corretora não cobra por esse tipo de investimento e ainda não é necessário pagar taxa de custódia da Bolsa para os primeiros R$ 10 mil investidos.

Basta você procurar por “renda fixa” na página da sua corretora e, em seguida, procurar pelo Tesouro Selic.

Feito isso, informe o valor que você deseja investir e confirma a operação com a senha.

O valores podem variar de um dia para o outro. Então, fique atento ao valor mínimo cobrado pela Tesouro no dia.

Baixa da Selic

O Comitê de Política Monetária do Banco Central, o Copom, anunciou em 16 de setembro, que a taxa Selic será mantida em 2%.

É a primeira vez que a taxa básica de juro da economia chega a esse patamar, o objetivo é incentivar o mercado de consumo. 

Com a Selic em seu menor valor já registrado, os investimentos em renda fixa, como CDBs com as taxas pós-fixadas, fundo DI, títulos do Tesouro Selic e a conhecida poupança, pagam menos. O rendimento desses investimentos é atrelado a porcentagem da taxa Selic.

No caso da poupança, há um sinal negativo, pois desde o ano passado, esse investimento perde para a inflação. Nesse sentido, a poupança está negativa.

Em termos de rendimento, o investidor que deixa dinheiro na poupança terá um aumento gradativo do valor aplicado. Esse dinheiro, no entanto, encolhe por conta da redução do poder de compra do investidor devido a inflação.

Com a Selic a 2%, os investidores precisam analisar a rentabilidade e os custos de cada aplicação feita.

AvatarREDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.