Black Friday 2020 acende alerta sobre perigo nas compras via internet; como se proteger?

Black Friday 2020 promete um grande número de compras na internet. Com as necessidades de isolamento social e riscos de contaminação pelo novo coronavírus, espera-se que a maior sexta-feira de compras do ano, marcada para o próximo dia 27, movimente milhares de internautas. Pesquisas revelam que grande parte dos consumidores deverão aderir as plataformas digitais para poder aproveitar os descontos. 

Black Friday 2020 acende alerta sobre perigo nas compras via internet; como se proteger? (Imagem: Google)
Black Friday 2020 acende alerta sobre perigo nas compras via internet; como se proteger? (Imagem: Google)

A primeira coisa que o comprador deve saber é que há milhares de falsos sites querendo utilizar a Black Friday como oportunidade para a aplicação de golpes.

Desse modo, é sempre importante verificar a credibilidade do portal onde está conectado, priorizando aqueles que possuam maior relevância no mercado.  

Atenção ao cadastramento 

Há muita gente que prefere finalizar as compras utilizando seus cartões de crédito. Nesse caso, fique sempre de olho para recusar as opções de arquivamento de seus dados.

Ao aprovar que um determinado site deixe registrado suas informações, você automaticamente permite que possíveis hackers e usuários consigam ter acesso a eles e assim pode ser vítima de fraudes.  

Cuidado com suas plataformas de acesso 

Para quem for fazer compras pelo computador, uma dica importante é ter um antivírus instalado. A ferramenta pode detectar possíveis fraudes e assim lhe emitir um alerta a respeito.

Já para quem for acessar pelo smartphone, é importante evitar links de whatsapp e demais redes sociais. Isso porque, parte significativa desse material é cheio de vírus e tem como finalidade roubar os dados dos usuários.  

Pesquisa de preço nunca é demais 

Nem sempre todo grande desconto é positivo. Para valores muito diferentes da média do mercado, desconfie, pois pode significar problemas no produto, falha nas políticas de entrega ou até mesmo uma fraude.

Faça sempre uma busca em mais de um portal sobre o produto que deseja adquirir e assim você terá uma noção quanto as ofertas disponíveis.  

Salve os comprovantes  

Por fim, acompanhe sempre o registro final dos comprovantes e lembre de registra-los todos em seu banco de dados. Para marcas que geram o e-mail automático, deixe o envio registrado como favorito.

Em caso de sites que a validação da compra fica retido no mesmo, você pode fazer prints e guardar a imagem. Na última situação, certifique-se de exibir o dia e horário de efetuação da compra. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.