Mercado Livre garante entrega em dois dias de 80% das compras feitas na Black Friday

Nesta quinta-feira (12), o Mercado Livre disse que vai entregar cerca de 80% dos produtos vendidos nas Black Friday, que acontecerá daqui duas semanas, em até dois dias depois da compra.

Mercado Livre garante entrega em dois dias de 80% das compras feitas na Black Friday
Mercado Livre garante entrega em dois dias de 80% das compras feitas na Black Friday (Imagem: Divulgação/Mercado Livre)
publicidade

De acordo com o vice-presidente sênior do Mercado Livre, Fernando Yunes, a companhia investiu neste ano cerca de três a quatro vezes mais do que o que foi investido para a data no ano passado em infraestrutura para atender vendedores e consumidores durante a data.

“Vai ser a maior Black Friday da história da companhia. Teremos eventos relacionados à data e os parceiros estão muito comprometidos”, disse Yunes.

Ele ainda disse que a empresa fez uma ação promocional em outubro parecida, com o nome de Descontaço e os resultados atingidos foram positivos.

Yunes disse que a companhia não vai se tornar uma empresa promocional.“Vemos alguns concorrentes fazendo promoções toda semana. Não vamos seguir essa linha”, disse.

Segundo Leandro Bassoi, que é vice-presidente Mercado Envios,que é o braço logístico do Mercado Livre, esse prazo de entrega é um dos objetivos da empresa.“Já realizamos a entrega em 2 dias em 1.800 cidades do Brasil, com 70% em até 1 dia.

Entendemos que a entrega rápida talvez seja o principal fator no índice de satisfação do cliente, por isso apostamos tanto”, disse o executivo.

Mercado Livre

O mercado Livre foi fundado no ano de 1999, pelo Marcos Galperín. Neste mesmo ano, a plataforma passou a funcionar fora da Argentina.

Os países foram: Uruguai, México e Brasil. Já no ano de 2000, mais quatro países foram incorporados à extensão do Mercado Livre na América Latina: Equador, Chile, Venezuela e Colômbia.

A empresa começou a receber mais de US$ 46 milhões de dólares de investimento de diversos grupos financeiros, que somados aos quase US$ 8 milhões alcançados em 1999, em duas rodadas de financiamento.

Em 2001, o eBay, uma empresa americana de comércio eletrônico, comprou parte do Mercado Livre pelo período de  cinco anos, as empresas foram parceiras na América Latina. 

Após dois anos, surgiu o Mercado Pago, uma ferramenta pagamento tanto para uso de pessoas físicas quanto por pessoas jurídicas. 

Em 2007, a empresa abriu capital na Nasdaq, o mercado de ações dos Estados Unidos, voltado principalmente a empresas de tecnologia, isso abriu espaço para o investimento de interessados em obter ações do Mercado Livre.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.