IPTU Rio de Janeiro: Câmara suspende projeto que reduziria valor do imposto; o que isso significa?

A Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, por meio do presidente Jorge Felippe (DEM), suspendeu três de quatro projetos de lei da Prefeitura Municipal, que previam a diminuição da arrecadação do município. Entre os projetos, o que possibilitava a redução do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) foi paralisado.

publicidade
Câmara do Rio de Janeiro suspende projeto que reduziria valor do IPTU
Câmara do Rio de Janeiro suspende projeto que reduziria valor do IPTU (Imagem: Florencia Potter/Pexels)

Além desse projeto, outros dois foram suspensos. Um destes possibilitaria postergar o vencimento do IPTU de 2020 e 2021 e parcelar o pagamento para pessoas jurídicas. A outra medida barrada foi a que oferecia isenção e anistia de taxas municipais.

Somente o projeto que permite o cancelamento de multa durante pandemia pelo não cumprimento de normas de saúde foi mantido. Segundo os vereadores, cerca de R$ 400 milhões seriam deixados de arrecadar em 2021, caso houvesse aprovação dos projetos. Em 2022, a quantia seria de R$ 600 milhões.

publicidade

Cobrança de esclarecimentos sobre os projetos

A suspensão aconteceu após os pareceres da Procuradoria Geral da Câmara e da Secretaria-Geral da Mesa Diretoria. Com isso, o presidente do Legislativo cobrou provas do chefe do Poder Executivos de que a isenção do imposto não afetará o equilíbrio das contas municipais.

“Nos últimos dois anos, diversas leis aprovadas pelos parlamentares buscaram combater distorções e aumentos abusivos no valor do IPTU. Contudo, todas as medidas foram judicializadas pela Prefeitura, sob o argumento de que são inconstitucionais, e as cobranças continuaram” afirma a Câmara do Rio, pelo site.

“Ainda hoje, a Procuradoria da Câmara do Rio busca no Judiciário a implementação das Leis aprovadas e o encerramento das cobranças abusivas do IPTU”, prossegue.

A secretária de Fazenda e o coordenador-geral de IPTU foram convidados pelo presidente da Câmara para uma Audiência Pública para que as propostas encaminhadas possam ser esclarecidas. A reunião está prevista para acontecer nesta quarta-feira (11), às 10h, no plenário Teotônio Vilela.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.