Saiba quais empresas poderão integrar o PISP inicialmente; serviço aprovado pelo BC começa a operar em 2021

No momento de lançamento da nova ferramenta, o PIX, um novo sistema de pagamentos que foi criado o Banco Central anunciou mais uma novidade, a criação do prestador de serviço de iniciação de pagamento (Pisp).

Saiba quais empresas poderão integrar o PISP inicialmente; serviço aprovado pelo BC começa a operar em 2021
Saiba quais empresas poderão integrar o PISP inicialmente; serviço aprovado pelo BC começa a operar em 2021 (Foto:Google)

Essa novidade vai começar a atuar a partir de 30 de agosto do próximo ano, 2021.

Esse novo iniciador de pagamento é um novo tipo de instituição de pagamentos (IP), sendo assim, é uma nova empresa que vai viabilizar serviços de compra, venda e movimentação de recursos sem a possibilidade de conceder empréstimos e financiamento para os clientes.

De acordo com o Banco Central,  “As instituições de pagamento possibilitam ao cidadão realizar pagamentos independentemente de relacionamentos com bancos e outras instituições financeiras”, disse.

O Pisp está inserido neste conceito, mas um de seus diferenciais dos outros IPs já existentes. 

O sócio do Pinheiro Neto Advogados e especialista em direito bancário e transações financeiras, Bruno Balduccini explicou que “O Pisp é uma empresa regulada pelo BC que, mediante a solicitação do cliente, poderá executar uma ordem de transação. Ou seja, pode movimentar quantias de uma conta para outra a pedido do usuário. Porém, não pode ‘encostar’ nos valores que está movimentando”

Quais empresas podem ter acesso esse pagamento?

Hoje, apenas 3 tipos de instituições de pagamentos, sendo assim, o Pisp é a quarta modalidade criada.

Os tipos de instituições são:

Emissor de moeda eletrônica

São aqueles que fazem o gerenciamento da conta de pagamento pré-paga, na qual os recursos devem depositados previamente.

Os exemplos destes tipos são cartões de vale-refeição e cartões pré-pagos em moeda nacional, como Sodexo e Alelo.

Emissor de instrumento de pagamento pós-pago

No qual são gerenciadas contas de pagamento pós-paga, no qual são pagos recursos depositados para o pagamento de débitos assumidos.

São exemplo as  instituições não financeiras emissoras de cartão de crédito.

Credenciador 

Que não faz a gerência de conta de pagamento,mas habilita estabelecimentos comerciais que possam aceitar o instrumento de pagamento. São exemplos Rede e Cielo.

Iniciador de pagamentos (Pisp)

No qual uma transação é feita pelo pagamento do usuário final, com relação a uma conta, depósito ou pagamento, sem ser a instituição que detém essa conta. São exemplo como Pisps, empresas como Whataspp, iFood, Uber e Mercado Pago.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.