O Guiabolso, conhecido por ser um aplicativo para auxiliar no controle financeiro pessoal, lançou antecipadamente benefícios do PIX e liberou a realização de transferências instantâneas e gratuitas aos sete dias da semana e 24 horas por dia. Saiba mais.

publicidade
Benefícios do PIX são antecipados pelo Guiabolso; transferências rápidas é destaque
Benefícios do PIX são antecipados pelo Guiabolso; transferências rápidas é destaque (Foto:Google)
publicidade

A fintech também liberou o PISP, iniciador de pagamentos do Open Banking, que possui a função de possibilitar o uso de uma conta bancária para efetuar transações sem acessar o aplicativo do banco.

Em novembro as funções novas do aplicativo serão aperfeiçoadas após o PIX (sistema de pagamentos do Banco Central) entrar em vigor, permitindo assim que as transações sejam feitas para mais bancos.

“As pessoas continuam usando as contas que elas já têm em seus atuais bancos, ao invés de deixar dinheiro em mais uma nova conta. Teremos um modelo híbrido, que permitirá a transferência entre bancos e pessoas físicas. O produto que lançamos agora estava em teste há mais de um ano. Agora será utilizado pela nossa base de mais de 6 milhões de usuários”, disse Gregório Kelner, fundador do Guiabolso.

Para ser efetuada a transferência é necessário que o usuário tenha o aplicativo do Guiabolso baixado em seu smartphone. Feito isso, é preciso cadastrar um cartão de débito, colocar o respectivo valor que irá ser enviado e os dados bancários do destinatário que não precisa ter o aplicativo baixado em seu celular, pois o dinheiro cairá diretamente na conta independente da plataforma.

“Não vamos competir com as instituições financeiras. Hoje, as contas bancárias digitais e cartões são fragmentados no mercado. Nós agregamos tudo na nossa plataforma: gestão financeira, marketplace e pagamentos”, diz Thiago Alvarez, fundador e CEO do Guiabolso

Bancos parceiros

Os usuários contam com a realização de transferências apenas para contas do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Caixa Econômica Federal, Stone e Santander. É importante ressaltar que nem todos os cartões são aceitos,entram nessa lista também os cartões Sicredi, C6 e o Inter.

As novidades por enquanto estão disponíveis apenas entre pessoas físicas,porém o Head de Transações da fintech, Gregório Kelner, explica que logo elas serão expandidas para pagamentos do boleto e compras em lojas físicas e online.

Giovanna Freitas é graduanda na Universidade Anhembi Morumbi (UAM), atualmente é redatora do portal FDR produzindo pautas sobre finanças.