Detran-MS fixa prazo limite para pagamento de dívidas antes de leiloar veículos

O Departamento Estadual de Trânsito do Mato Grosso do Sul (Detran-MS) notificou os proprietários de veículos que foram apreendidos em cinco municípios. Os proprietários podem pagar suas dívidas em um prazo de 10 dias. Caso contrário, o bem será apreendido.  

Detran-MS fixa prazo limite para pagamento de dívidas antes de leiloar veículos
Detran-MS fixa prazo limite para pagamento de dívidas antes de leiloar veículos (Imagem: Divulgação/Detran)

Se os pagamentos não forem realizados, os carros e motos inadimplentes seguem para leilão.

Na lista estão 140 veículos das cidades de Nova Andradina, 10 do município de Angélica, 13 de Batayporã e 88 de Deodápolis. Além disso, foram adicionados mais 291 veículos da cidade de Campo Grande. 

O Detran esclarece que os automóveis podem ser levados para leilão em qualquer modalidade, seja em circulação, desmontagem ou reciclagem.  

Apesar da licitação, caso o veículo fosse vendido e não conseguisse arcar com a dívida, os proprietários serão cobrados de forma judicial para pagar a diferença.

Os veículos que foram apreendidos em Campo Grande terão as mesmas regras das cidades do interior, a única diferença é no prazo, que é de 30 dias para que os proprietários façam os pagamentos. 

Essa lista dos veículos foi publicada ontem (3), no Diário Oficial do Estado. A ação é mais uma tentativa do Detran na intenção de retirar os carros dos pátios da instituição.

Quais os serviços oferecidos pelo Detran?

Por conta da pandemia, o Detran passou a oferecer mais serviços online, são cerca de 20 serviços, mais cinco inclusos agora. Confira quais são:

  • Consulta Habilitação/Restrição (Consulta dados da habilitação, QRCode para a CNH digital, Consulta restrições da Habilitação, Consulta de pontuação da habilitação e Emissão de nada conta da habilitação);
  • Autorização de estacionamento para idoso (emissão);
  • Cadastro de endereço de CNH/Permissão (Quem não coletou biometria é necessária identificação pessoal para o primeiro acesso a este serviço); Autoindentificação de condutor infrator (Quem não coletou biometria é necessária identificação pessoal para o primeiro acesso a este serviço);
  • Vincular/Desvincular veículo ao cadastro do proprietário (permitir o acesso aos dados do(s) veículo(s));
  • Solicitação de 2ª via CRLV;
  • Solicitação de 2ª via CRV;
  • Transformar notificação de autuação em penalidade;
  • Consultar financiamentos;
  • Alteração de endereço de veículo (Quem não coletou biometria será necessária identificação pessoal para o primeiro acesso a este serviço);
  • Consultar débitos e restrições;
  • Conversão de autuação em advertência;
  • Conversão de autuação em penalidade;
  • Emissão de CRLV-e;
  • Emissão de 2º via de CRV (DUT);
  • Mudança de placa modelo Mercosul;
  • Recolocação de placa.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.