Volta da prova de vida do INSS vai manter suspensão de pagamentos sem comprovação

Pontos-chave
  • Prova de vida do INSS volta a ser realizada nas agências em dezembro;
  • Segurados poderão fazer procedimento pela internet;
  • Titulares ganham o direito de atualizar as documentações.

Aposentados e pensionistas do INSS devem ficar atentos aos novos prazos para a efetuação de suas ‘Prova de Vida’. Desde o primeiro semestre deste ano, o procedimento foi suspenso mediante a pandemia do novo coronavírus. No entanto, de acordo com o cronograma oficial do Instituto, as atualizações ficarão suspensas apenas até o mês de novembro, o que significa que os benefícios dos atrasados poderão ser cancelados.  

Volta da prova de vida do INSS vai manter suspensão de pagamentos sem comprovação (Foto:Google)
Volta da prova de vida do INSS vai manter suspensão de pagamentos sem comprovação (Foto: Google)

Com a chegada do Covid-19 em todo o território nacional, um dos procedimentos adotados pelo INSS foi a suspensão temporária das atualizações da prova de vida.

O procedimento deve ser feito anualmente pelos segurados que ficam sujeitos a ter os benefícios cancelados caso não estejam devidamente regularizados.  

Até o momento, de acordo com a portaria 1.053, a suspensão das atualizações da prova de vida serão válidas apenas até o mês de novembro.

Isso significa que, aqueles que ficaram sem renovar o benefício entre março e outubro não poderão ter os benefícios cancelados. Porém, um novo calendário para o retorno do procedimento ainda não foi publicado.  

Como fazer atualização pelo INSS 

Em setembro, as agências do INSS foram reabertas em todos os estados nacionais, mas os procedimentos de prova de vida não estão sendo feito nas unidades.

Para poder renovar os cadastros, é preciso que os segurados se dirijam até uma instituição financeira onde possui conta corrente.  

Nesse caso, mesmo com os bancos funcionando normalmente, o INSS paralisou o serviço levando em consideração que seus segurados são considerados grupo de risco para a contaminação do coronavírus.

Uma das possibilidades em estudos para que a prova volte a ser feita é através de plataformas digitais, ainda em desenvolvimento.  

Bancos voltam a realizar o procedimento 

Para quem está inseguro e prefere optar pela atualização, os bancos já estão recebendo os aposentados sob um regimento especial. No caso do Itaú, é preciso ir até uma agência entre às 09h e 10h, e o procedimento vem sendo feito nos guichês de atendimento.  

Para os clientes do Santander, basta seguir as mesmas normas. As agências estão funcionando exclusivamente para os aposentados entre às 09h e às 10h que devem apresentar um documento oficial com foto.  

No Bradesco a prova de vida passou a ser feita novamente e é possível ainda ir diretamente nas máquinas de autoatendimento e banco 24h fazer a validação por meio da biometria.  

Já no Banco do Brasil, o beneficiário não tem hora específica e pode fazer o procedimento dentro de todo o horário de atendimento do banco. Nesse caso ele deve digitar a senha cadastrada em seu INSS ou atualizar sua biometria.  

Por fim, na Caixa os segurados são atendidos das 08h às 12h nos guichês presenciais. Para isso é preciso apresentar um documento oficial com foto.  

Volta da prova de vida do INSS vai manter suspensão de pagamentos sem comprovação (Foto:Google)
Volta da prova de vida do INSS vai manter suspensão de pagamentos sem comprovação (Foto: Google)

Segurados impossibilitados de ir ao banco  

Há ainda uma possibilidade de fazer a comprovação através de um procurador devidamente registrado no INSS. Esse atendimento é direcionado especificamente para os cidadãos adoentados que não podem comparecer as agências bancárias.  

Nesse caso, é preciso entrar em contato com o instituto para legalizar a tutela do representante. Feito isso, basta ele ir até o banco e apresentar seu documento oficial com foto juntamente com o documento do segurado e assim atualizar o cadastro.  

Prova de vida digital  

Diante do cenário de pandemia o INSS vem desenvolvendo um novo procedimento da prova de vida, através de um reconhecimento facial. O serviço será feito por meio do aplicativo que vem passando por uma série de atualizações.  

A ideia é que o segurado se conecte em sua conta e ao direcionar a câmera para o seu rosto tenha a sua identidade comprovada. Nesse momento, a novidade vem sendo testada por grupos específicos e deverá passar a funcionar para todos a partir de 2021. 

Sobre a prova de vida 

O procedimento é uma obrigatoriedade do INSS que tem como finalidade reduzir o número de fraudes nos pagamentos dos benefícios. Por meio da atualização, o instituto passa a ter certeza de que o cidadão está vivo e assim concede os pagamentos por mais um período de 12 meses. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA