Inflação: Expectativa permanece em 4,7% ao ano no mês de outubro; veja detalhes

As projeções de inflação dos consumidores brasileiros para os 12 meses seguintes ficaram em 4,7% no mês de outubro, mesmo percentual registrado em setembro pela sondagem da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em comparação ao mesmo mês do ano anterior, houve uma diminuição de 0,2 ponto percentual.

Inflação: Expectativa permanece em 4,7% ao ano no mês de outubro; veja detalhes
Inflação: Expectativa permanece em 4,7% ao ano no mês de outubro; veja detalhes (Imagem: Bruno Domingos/Reuters)
publicidade

“Apesar da pressão observada e esperada de alguns preços, como dos alimentos, a mediana da expectativa de inflação dos consumidores para os próximos doze meses, em geral, não se alterou. Entretanto, essa estabilidade pode ser considerada um resultado positivo, apesar do nível estar consideravelmente acima do consenso de mercado e da meta oficial.”

“Para os próximos meses, com ausência de choques favoráveis e perspectiva de retomada gradual da economia e da demanda, é possível que haja um aumento das expectativas”, afirma Renata de Mello Franco, economista da FGV, em comentário no relatório.

No mês de outubro, 48,5% dos consumidores fizeram a projeção dos valores abaixo da meta de inflação para este ano (4,0%), 5,9% abaixo do que no mês anterior, ficando abaixo dos 50% pela primeira vez desde abril de 2020. 

Por outro lado, a proporção de consumidores ficando maior que o limite superior da meta de inflação para este ano (5,5%) aumentou 0,8 ponto percentual (p.p.), de 30,8% para 31,6%.

Projeções para a inflação dos próximos 12 meses

As projeções medianas para a inflação nos próximos 12 meses subiram nas faixas de renda com maior poder aquisitivo. As faixas de renda com menor poder aquisitivo, cujas estimativas já tinham crescido em outros meses, se estabilizaram no mês de outubro.

A projeção para a inflação nos próximos 12 meses faz parte da Sondagem do Consumidor da FGV, feita todos os meses com mais de 2.100 entrevistados em sete capitais do território nacional (Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Brasília e Recife), realizada normalmente, nas três primeiras semanas de cada mês. 

Em torno de 1.600 entrevistados respondem a respeito da projeção para os preços todos os meses, de acordo com a instituição. O levantamento do mês de outubro foi feito entre os dias 1º e 20.

Giovanna FreitasGiovanna Freitas
Giovanna Freitas é graduanda na Universidade Anhembi Morumbi (UAM), atualmente é redatora do portal FDR produzindo pautas sobre finanças.