Investidor pessoa física conseguirão transacionar ações de empresas fora do Brasil

A bolsa de valores, B3, anunciou que à partir desta quinta-feira (22), as novas regras de negociações de BDRs (Brazilian Depositary Receipts, sigla em inglês) passam a ter validade. Com as mudanças, o investidor pessoa física passa a ter acesso a ações de empresas que estão na lista de bolsas de outros países.

Com as novas regras anunciadas pela B3, investidor pessoa física conseguirá transacionar ações de empresas fora do Brasil (Imagem: Reprodução/Google)
Com as novas regras anunciadas pela B3, investidor pessoa física conseguirá transacionar ações de empresas fora do Brasil (Imagem: Reprodução/Google)
publicidade

Agora, entram no leque de opções de investimentos 670 BDRs (papéis de empresas), incluindo companhias brasileiras que decidiram abrir capital em bolsas fora do Brasil. A maioria deles vêm dos Estados Unidos.

Tais papéis poderão ser oferecidos pelas corretoras aos seus clientes, desde que representem ações de empresas estrangeiras ou ETFs (um fundo de investimento negociado na Bolsa de Valores, que também pode ser chamado de fundo de índice) negociados no que a B3 chama de “mercado reconhecido”, que incluem bolsas de Nova York, Londres e Hong Kong.

O diretor de Relacionamento com Clientes da B3, Felipe Paiva, declarou:

“Chegou a tão esperada data para que os BDRs possam ampliar a carteira de investimentos da pessoa física, possibilitando a aquisição de ações internacionais. Esse movimento leva o mercado de capitais brasileiro para um novo patamar, tornando-o ainda mais forte e abrangente”

Pequenos investidores poderão agora investir em papéis que correspondem a grandes empresas como Disney, Coca-Cola, Amazon, Uber, Twitter e Facebook. Antes dessa mudança, esse investimento só podia ser feito pelos investidores qualificados, que já possuem mais de R$ 1 milhão em aplicações financeiras.

A data para iniciar-se as operações foi divulgada após a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) ter aprovado as mudanças no Regulamento para Listagem de Emissores e Admissão à Negociação de Valores Mobiliários da B3.

AvatarGuilherme Moreira
Guilherme Moreira é formado em Criação e Produção Audiovisual pelo CBM (Centro Universitário Barão de Mauá). Atuou como roteirista, produtor e editor do SBT interior e na redação de blogs e sites informativos. Atualmente, trabalha como social media e redator do portal FDR. |  Instagram @guimemoreira