Novo Salário Mínimo: Quais benefícios do INSS mudam com a aprovação?

Com a previsão de reajuste do piso salarial de 2021 de R$ 1.045 para R$ 1.069,55, outros pagamentos poderão sofrer alterações. Desse modo, inclui-se na lista os valores das aposentadorias e pensões, pagas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Com isso, cerca de 35 milhões de beneficiários poderão ser contemplados com a mudança.

Quais benefícios do INSS mudam com a aprovação do novo salário mínimo? 
Quais benefícios do INSS mudam com a aprovação do novo salário mínimo? (Imagem: divulgação/Google)

Aliás, a decisão faz parte da divulgação do Projeto de Lei Orçamentária (PLOA) para o ano de 2021.

Porém, apesar do pequeno aumento no reajuste salarial nacional, se comparado ao valor deste ano, este não terá um ganho real que possa superar o valor da inflação. 

Dessa forma, a previsão para o teto previdenciário social é de R$ 6.101,06 para R$ 6.229,18. Podendo sofrer reajustes até o final de 2020.

Piso salarial 2021

O Governo Federal anunciou, nas últimas semanas, durante uma revisão na estimativa do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INCP) de 2020, um aumento de 2,09% para 2,35%.

Sendo assim um dado de projeção salarial para o ano de 2021. Isto é: o piso salário mínimo sofreria um reajuste de R$ 1.045 para R$ 1.069,55. 

Aliás, o valor do salário mínimo varia conforme a inflação do país durante o ano anterior. Por isso, levando em consideração a previsão para inflação deste ano em recuo, o reajuste para o próximo também pode ser menor. Ademais, no início do segundo semestre, a previsão era de que a taxa do INPC tivesse uma alta de 3,27%.

Com a previsão do indicador do INCP atual, o futuro cenário pode não ser positivo. Considera-se os efeitos das crise econômica provocada pela pandemia de coronavírus não só no país, como em todo o mundo. Isto é, os brasileiros terão uma elevação mínima, enquanto que o preço dos produtos permanecerão alterados. 

Reajustes em outros benefícios 

Ademais, com as mudanças previstas para o indicador do INCP para o próximo ano, benefícios sociais poderão, também, sofrer um reajuste em 2021.

Sendo assim o seguro-desemprego, PIS/Pasep e o Benefício de Prestação Continuada (BPC) serão reajustados, a fim de permanecerem igual ao novo piso salarial nacional.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.