O passo a passo DEFINITIVO para aumentar o Serasa Score hoje mesmo

A pontuação no Serasa Score é um número importante tanto para pessoas quanto para empresas. É por meio desse score que as pessoas conseguem liberação para um novo cartão de crédito, para aumentar o limite ou até mesmo solicitar um empréstimo. 

Serasa Score
Passo a passo para AUMENTAR sua pontuação no Serasa Score (Imagem: reprodução/Google)

Quanto mais alta for a pontuação, melhores serão as chances de conquistar uma das situações descritas acima. Para aumentar a pontuação no Serasa Score, é necessário seguir algumas dicas. 

Como aumentar a pontuação no Serasa Score? 

Algumas coisas básicas são necessárias para conseguir aumentar a pontuação. Algumas dicas são: 

  • manter o nome limpo;
  • pagar as contas em dia;
  • ter o Cadastro Positivo ativo;
  • atualizar os dados no Serasa Score.

O cálculo da pontuação leva em consideração ainda a quantidade de cartões de crédito que você tem. Quanto menor for o número de cartões, mais alta e estável sua pontuação será. 

A negociação de dívidas também é uma dica importante para manter a pontuação controlada. Ao quitar as dívidas negociadas, você também estará aumentando sua pontuação. 

Manter uma boa relação com instituições financeiras e com os órgãos de controle e proteção ao crédito é um importante passo para aumentar o score.

Como funciona o score?

O registro da pontuação é feito por órgãos de proteção ao crédito. As instituições passam a realizar o monitoramento a partir do momento em que seu CPF é registrado em alguma conta. 

Quando você deixa de pagar uma conta ou atrasa algum boleto, as empresas responsáveis pela proteção de crédito avaliam o caso e sua pontuação cai. Quanto menor foi sua pontuação, mais difícil é conseguir crédito, empréstimos ou financiamentos. 

Nesse sentido, o Serasa Score funciona como um termômetro para avaliar se a pessoa tem risco baixo, moderado ou alto de deixar de fazer algum pagamento. Por isso, diversas empresas utilizam a pontuação do cliente na hora de aprovar algo em seu nome. 

Os pontos variam entre 0 e 1000. As pessoas que têm a pontuação entre 0 e 300, são consideradas as que têm alto índice de inadimplência. Já quem tem entre 301 e 700, são considerados os níveis moderados. E os que têm entre 701 e 1000, são vistos como as pessoas com menor risco de inadimplência. 

A análise para chegar a pontuação leva em conta o histórico de dívidas pagas, o que ainda está em atraso, o período (caso tenha sido) de negativado, quantas solicitações de crédito foram realizadas, e até mesmo a relação com as empresas de crédito.

Por exemplo, caso você tenha renegociado uma dívida, em vez de ficar no rotativo, quitou por completo. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.