PIX: Os cuidados que precisam ser tomados para não cair em golpes

Nesta segunda-feira (5), o Banco Central disponibilizou o cadastro de chaves para o sistema de pagamentos Pix. Milhões de brasileiros já cadastraram suas chaves por meio de seus respectivos bancos. Apesar das grandes expectativas oferecidas, as pessoas não podem esquecer que há muitos golpistas de olho em possíveis vítimas pela internet. Por isso, confirma algumas dicas para evitar ser enganado pelos criminosos.

PIX: Confira os cuidados para não cair em golpes no Pix
PIX: Confira os cuidados para não cair em golpes no Pix (Imagem: Agência Brasil)

De acordo com especialistas, os sistemas oficiais para o cadastro Pix são seguros. Dessa forma, os criminosos tentam enganar as vítimas de outras formas para coletarem dados pessoais. Segundo a empresa de segurança digital Kaspersky, foram encontrados três tipos de ataques sobre o Pix que as pessoas devem tomar cuidado.

Os golpes aos usuários

A primeira armadilha dos criminosos foi o golpe para infectar o dispositivo por meio de malware. Os golpistas enviam uma mensagem para redes sociais, e-mail ou SMS e oferecem o cadastro para o sistema. Assim que as vítimas acessam o link, há a opção de baixar um arquivo malicioso, que poderá coletar informações pessoais.

O segundo golpe se refere às mensagens falsas com o intuito de conseguir acesso ao Internet Banking ou Mobile Banking. Este golpe tem semelhança com a infecção de malware.

Porém, em vez de baixar algum arquivo, a pessoa é direcionada para um site falso de banco. Os golpistas solicitam os dados pessoais para o cadastro no sistema. Ao ter acesso a esses números, poderão roubas o saldo bancário.

O terceiro golpe realizado é o phishing, que tem como foco roubar dados pessoais para usar no Pix. Os dois primeiros casos são ataques que apenas usam o novo sistema como isca, já este último exemplo tem o objetivo principal de executar golpes como objetivo principal .

Como não ser enganado

Primeiramente, o Banco Central pede que os clientes sempre acessem os canais oficiais das instituições para efetuar o cadastro da chave Pix. Já as instituições financeiras indicam que senhas ou códigos de validação não acontecem fora dos canais digitais.

Sempre verifique os links com atenção. Não compartilhe códigos de verificação, senhas ou tokens externamente. Confira de onde veio o envio do SMS para garantir que não é um número desconhecido. Com o e-mail, também verifique se o remetente é um oficial da instituição.

As grandes instituições financeiras possuem contas verificadas nas redes sociais. Portanto, esteja atento a esse detalhe. Esteja desconfiado caso veja alguma promoção estranha.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA