Confira quais foram os alimentos mais caros no mês de setembro segundo o IBGE

Nesta sexta-feira (9), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou as variações de preços dos alimentos. Os alimentos que registraram os preços mais caros no mês de setembro foram óleo de soja, arroz e tomate. Leite longa vida, chocolate em barra e bombom e carnes também estão nesta lista.

Confira quais foram os alimentos mais caros no mês de setembro segundo o IBGE
Confira quais foram os alimentos mais caros no mês de setembro segundo o IBGE (Imagem: Reprodução/Google)

As maiores altas em setembro

Item Variação de preço em agosto (em %) Variação de preço no ano (em %)
Óleo de soja 27,54 51,3
Arroz 17,98 40,69
Tomate 11,72 25,55
Leite longa vida 6,01 30,38
Chocolate em barra e bombom 4,78 7,01
Carnes 4,53 2,55
Queijo 3,29 6,48
Leite em pó 3,09 11,85
Carnes e peixes industrializados 2,88 9,62
Frango inteiro 2,2 5,86

 

Preços aceleraram mais que o esperado

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) disse que os preços aceleraram mais do que o esperado em setembro, para +0,64%, após registrar um aumento de 0,24% no mês de agosto. Foi a maior alta da inflação para meses de setembro desde 2003 (+0,78%).

O resultado ficou acima da mediana de +0,54% das projeções de consultorias e instituições financeiras entrevistadas pelo Valor Data. O intervalo das estimativas era o aumento de 0,40% até 0,65%.

Ao final de 2020, os preços dos alimentos devem ganhar fôlego adicional, o que levou mais economistas a analisarem os cenários de inflação. 

O consenso de mercado para o aumento do IPCA este ano teve uma alta ligeira entre a semana passada e a atual, de 2,05% para 2,12%, porém instituições como por exemplo J.P. Morgan e Credit Suisse, passaram a esperar uma alta em torno de 2,5%.

Reajuste dos contratos de aluguel atinge o maior patamar acumulado

Não é só o IPCA que está aumentando. A inflação medida pelo Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), que faz o reajuste dos contratos de aluguel, registrou o maior patamar acumulado dos últimos 17 anos. No mês de setembro, aumentou 17,94% em 12 meses. Pessoas que pagam aluguel e fazem aniversário de contrato este mês ficam sujeitas ao reajuste.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Confira quais foram os alimentos mais caros no mês de setembro segundo o IBGE

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA