A taxa básica de juros em dezembro de 2020 estará em volta de 2%, com dólar a R$5,25 de acordo com as projeções dos economistas. Hoje (14), segundo as informações do relatório Focus divulgado pelo Banco Central o Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços finais produzidos por um país, estado ou cidade em um ano, obteve uma queda de 5,31% em 2020.

publicidade
Mercado financeiro prevê QUEDA no PIB de 5,11% e aumento de 1,94% no IPCA
Mercado financeiro prevê QUEDA no PIB de 5,11% e aumento de 1,94% no IPCA (Foto:Google)
publicidade

Devido a pandemia do novo coronavírus, a atividade irá aumentar em 3,50% no Brasil em 2021 de acordo com a pesquisa, alinhado com o esperado anteriormente.

Quanto ao aumento do preço dos alimentos, economistas que foram consultados pelo Banco Central cresceram suas projeções quanto a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 1,78% para 1,94% este ano. A estimativa para 2021 seria de 3,01%.

Na quarta-feira (16), o Comitê de Política Monetária (Copom) irá definir o que irá ocorrer com a taxa básica de juros do Brasil.

Até dezembro deste ano é estimado que a Selic, média de juros que o governo brasileiro paga por empréstimos tomados dos bancos, permaneça em 2,00% ao ano conforme os estudos cedidos dos economistas a autoridade monetária.

De acordo com o Focus, em 2021 a alta do juros diminuirá com a Selic aumentando a 2,50%, ante estimativa anterior de alta para 2,88% ao ano.

O dólar irá se manter a R$5,25 em 2020 no câmbio, e no próximo ano terá o valor de R$5,00.

As projeções para Selic, câmbio e inflação mudaram segundo os economistas consultados pelo BC que costumam acertar as previsões.

A estimativa da taxa básica de juros é de 2,00% e e estabilize neste valor até dezembro de 2021. Já a inflação estima-se que seu aumento será de 1,64% para 1,95% em 2020, e 3,00% para 3,20% no próximo ano.

O câmbio possui a previsão do dólar chegar a R$5,34 em dezembro e a R$5,10 ao final de 2021, frente estimativa anterior de R$5,20.

Giovanna Freitas é graduanda na Universidade Anhembi Morumbi (UAM), atualmente é redatora do portal FDR produzindo pautas sobre finanças.