FIM dos 20% de desconto na declaração simplificada do IR 2021; entenda proposta de Guedes

O governo está em busca de formas de financiar o novo programa social, Renda Cidadã. Uma das ideias sugeridas seria o corte do desconto de 20% na declaração simplificada do Imposto de Renda da Pessoa Física (IR). Como consequência, mais de 17 milhões de contribuintes seriam afetados. Atualmente, a pessoa tem direito de até R$ 16.754,34 no desconto.

publicidade
Entenda a proposta de Guedes que pretende retirar os 20% de desconto na declaração simplificada do IR 2021
Entenda a proposta de Guedes que pretende retirar os 20% de desconto na declaração simplificada do IR 2021 (Imagem: Reprodução/PR)
publicidade

Anteriormente, o governo pretendia retirar as deduções de educação e médicas. O argumento seria de que a classe médica seria afetada, e não a classe mais baixa. No entanto, a classe que seria prejudicada tem sofrido fortemente com o impacto da pandemia do Covid-19.

Diante desse problema, foi mudado o foco no projeto. No ano passado, foram 17,4 milhões de pessoas que utilizaram o modelo simplificado. Com relação ao modelo completo, houve 12,9 pessoas que decidiram por esta forma.

Para levar a iniciativa adiante, o governo teria que aumentar o teto de gastos. Entre as opções de cortes, está a limitação dos gastos com precatórios e a retirada de amarras do Orçamento. No entanto, esta medida pode levar a posicionamentos negativos de investidores, conforme o direcionamento do teto e de onde seriam captado os recursos.

Caso o projeto seja levando adiante, o benefício mensal do plano de substituição do Bolsa Família poderia ter o valor aumentado de R$ 190 para R$ 230 e R$ 240. A ideia do ministro seria agrupar 27 programas dentro do novo programa social.

Mudanças na proposta

Anteriormente, o governo pretendia retirar as deduções de educação e médicas do imposto. A ideia seria de arrecadar por volta de R$ 20 bilhões. Como motivo para o corte, o parlamentar alegou que a classe média acabaria sendo beneficiada e os pobres não seriam prejudicados.

No entanto, houve mudança para se adaptar às críticas. Agora, o ministério pretende retirar o desconto proveniente da declaração simplificada. Dessa maneira, extinguiria o desconto automático de 20%.

Esta seria uma forma de substituir a retirada das duas deduções. Como resultado, a classe média não seria afetada, já manteria a opção de dedução sobreo que tiver direito.

AvatarSilvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.