Vestibular online da UFPel é suspenso após ação de ilegalidade

O MPF decidiu pela suspensão do vestibular online da UFPel para os cursos de licenciatura em filosofia, letras/espanhol, física e matemática. A Universidade afirma que o vestibular online foi escolhido também por conta da pandemia.

Vestibular online da UFPel é suspenso após ação de ilegalidade
Vestibular online da UFPel é suspenso após ação de ilegalidade. Imagem/Reprodução Google

Na última segunda-feira, 05, Cristiano Bauer Sica Diniz, juiz da 2ª Vara Federal de Pelotas, no Sul do estado, decidiu aceitar a liminar que solicitava a suspensão do vestibular online da Universidade Federal de Pelotas – UFPel que havia sido realizado em setembro.

Decisão judicial

O juiz federal entendeu que a forma como o processo seletivo foi realizada não impediu que fraudes pudessem ser realizadas. Assim, em sua decisão ele afirmou:

“A sistemática de avaliação adotada (…) não garantiu, sequer minimamente, que a seleção tenha sido realizada de forma ética, igualitária e justa, razão pela qual resta evidente a ilegalidade do certame”, disse Cristiano Bauer Sica Diniz.

Sica Diniz também solicitou que a instituição realize um novo processo seletivo de forma mais transparente e segura. Para justificar a decisão o MPF disse que:

“Não há como garantir que a elaboração da prova, por todos os candidatos, tenha sido realizada pessoalmente e sem recursos tecnológicos e/ou humanos”.

Com a palavra, a Instituição

Um de seus representantes, o reitor Pedro Hallal afirmou que a forma como o processo seletivo aconteceu foi algo muito normal, isso porque se tratam de cursos que terão ensino EAD, logo, fazer um vestibular nessa modalidade é algo completamente viável.

“É um processo absolutamente normal. A gente abriu um vestibular para ensino à distância no sistema remoto devido à situação da pandemia e o MPF viu ilegalidade, na questão da prova de redação especificamente, que não teria segurança de que a pessoa estaria fazendo a prova sem ajuda”, disse o reitor.

Ele afirmou que irá debater o assunto com a Advocacia Geral da União e só então decidirão se vão recorrer da decisão.

“Mas é importante dizer que a recomendação do MPF chegou depois que o processo já tinha sido realizado”, afirmou.

Outro fator que influenciou diretamente na escolha pela redação online foi a pandemia causada pelo Covid-19, essa foi, de acordo com a instituição, a forma encontrada de garantir a segurança de todos os envolvidos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR. Jamille utiliza sua experiência na área da educação para cobrir notícias sobre cursos, vestibulares, empregos e concursos.