Governo prevê volta das aulas presenciais este mês em Santa Catarina

Estudantes de Santa Catarina poderão retornar as atividades presenciais. Nessa semana, o governo do estado informou que dará início ao processo de retomada estudantil dos alunos da rede pública e privada. De acordo com o informe liberado pela Secretaria de Estado de Educação (SED), as aulas nas escolas voltarão a ocorrer a partir do próximo dia 19. Para isso, será necessário cumprir uma série de regras.  

Governo prevê volta das aulas presenciais este mês em Santa Catarina (Imagem: Google)
Governo prevê volta das aulas presenciais este mês em Santa Catarina (Imagem: Google)

Após meses com as portas fechadas, as escolas de Santa Catarina deverão voltar a funcionar presencialmente. Segundo a determinação da administração pública, poderão reabrir apenas as instituições localizadas nas regiões com uma baixa zona de risco de infecção do covid-19. Até o momento, cerca de cinco cidades estão aptas.  

Até o momento, não foram liberadas as normas e demais informes sobre o processo de reabertura. De acordo com a secretaria de educação, uma portaria deverá ser publicada até o fim do dia para explicar os protocolos de segurança.  

Professores treinados  

O estado informou ainda que, os professores da rede pública já receberam o cronograma e orientações necessárias para o retorno nas instituições.

A partir do dia 13, os educadores voltarão as escolas para realizarem treinamentos a fim de testar as medidas aplicadas. Somente após uma semana é que receberão os alunos.  

Ensino médio tem prioridade 

Inicialmente, só poderão assistir aula presencialmente uma parcela dos alunos do ensino médio. Os demais, continuarão pelas plataformas digitais e deverão retornar entre o mês de novembro e dezembro.  

Já na rede privada, os diretores das instituições terão liberdade de escolher se adotaram a medida de reabertura ou não. Grande parte das escolas se adaptaram ao modelo digital, ofertando aulas por plataformas como o google meet.  

A expectativa é que mais de 12,2 mil alunos da rede pública voltam as salas de aula, sendo todos do terceiro ano do ensino médio. Até o mês de dezembro, o governo do estado espera ter uma retomada das escolas em 26% dos 524 mil matriculados na rede. 

Antes de reabrirem as portas definitivamente, a gestão pública irá realizar outro monitoramento do mapa de risco do Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), ao menos duas vezes.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA