Auxílio emergencial: TODOS os pagamentos que acontecem nesta semana

PONTOS CHAVES

  • Beneficiários recebem novas parcelas do auxílio emergencial
  • Nascidos em março, abril, junho e julho recebem R$ 600 nesta semana
  • Parcelas extras para beneficiários do Bolsa Família começam a ser depositadas no dia 19
  • Renda Cidadã deve assegurar beneficiários que estão fora do Bolsa Família

Nesta semana, a Caixa Econômica Federal irá realizar mais pagamentos e liberações de saques das parcelas do auxílio emergencial, cedido pelo governo federal durante a pandemia do novo coronavírus. De acordo com o cronograma dividido pelo governo, recebem nesta semana apenas o beneficiário que se cadastrou pelo site ou aplicativo da Caixa, é inscrito no Cadastro Único (CadÚnico), e não faz parte do programa Bolsa Família.

Auxílio emergencial: TODOS os pagamentos que acontecem nesta semana
Auxílio emergencial: TODOS os pagamentos que acontecem nesta semana (Imagem: Montagem / FDR)
  • Terça-feira (6/10): foi liberado o saque em dinheiro de diferentes parcelas a quem se cadastrou pelo site ou aplicativo ou é inscrito no CadÚnico e nasceu em junho;
  • Quarta-feira (7/10): a Caixa fará o crédito em conta de diferentes parcelas a quem se cadastrou pelo site ou aplicativo ou é inscrito no CadÚnico e nasceu em março;
  • Quinta-feira (8/10): será liberado o saque em dinheiro de diferentes parcelas a quem se cadastrou pelo site ou aplicativo ou é inscrito no CadÚnico e nasceu em julho;
  • Sexta-feira (9/10): a Caixa fará o crédito em conta de diferentes parcelas a quem se cadastrou pelo site ou aplicativo ou é inscrito no CadÚnico e nasceu em abril.

Programa Bolsa Família

Ao contrário do que os que estão fora do programa Bolsa Família, os que estão dentro têm um calendário específico, que segue o próprio calendário rotineiro do bolsa, que tem como base o número final do Número de Inscrição Social (NIS). Para receber, não é preciso fazer nada além de aguardar: o crédito é automático.

O pagamento das três parcelas extras do auxílio emergencial para ambos os grupo (no valor de R$ 300, sendo R$ 600 para mulheres monoparentais), começa a ser feito no dia 19 deste mês e chega ao fim apenas em 23 de dezembro deste ano.

Vale lembrar que o dia do depósito das parcelas não é o mesmo dia de liberação para saques e transferências, que acontecem cerca de um mês posterior.

Inicialmente, o montante fica disponível apenas para pagamento de contas como luz, água e gás, e compras em mercados.

Final do NIS 7ª parcela 8ª parcela 9ª parcela
1 19/10 17/11 10/12
2 20/10 18/11 11/12
3 21/10 19/11 14/12
4 22/10 20/11 15/12
5 23/10 23/11 16/12
6 26/10 24/11 17/12
7 27/10 25/11 18/12
8 28/10 26/11 21/12
9 29/10 27/11 22/12
0 30/10 30/11 23/12

 

Auxílio emergencial: TODOS os pagamentos que acontecem nesta semana
Auxílio emergencial: TODOS os pagamentos que acontecem nesta semana (Imagem: Reprodução / Google)

Independente do grupo em que o beneficiário faz parte, o governo indica que, em caso de dúvidas, os mesmos consultem o aplicativo Caixa Tem, disponível gratuitamente para os sistemas Android e iOs, para consultar saldo, data das parcelas e movimentação.

Auxílio tem data marcada para acabar

Mesmo com a última parcela extra do auxílio emergencial agendada para o último mês deste ano, há previsão do benefício continuar caindo na conta de quem mais precisa.

Isso será feito se o atual presidente Jair Bolsonaro cumprir a promessa de manter o valor de R$ 300 no “novo” programa social Renda Cidadã, que entrará no lugar do programa Bolsa Família, no próximo ano.

De acordo com o presidente, a intenção é agregar mais famílias que o atual Bolsa Família. Ainda não se sabe, porém, de onde virá o financiamento para a nova roupagem do programa social.

Na segunda-feira (5), Bolsonaro marcou um encontro com peças fundamentais para discussão desta pauta, em discussão no Palácio da Alvorada. O ministro da economia Paulo Guedes, no entanto, não compareceu.

A sugestão de tirar fundos da educação básica e dos precatórios, dada pela equipe bolsonarista, não repercutiu de forma positiva. Atualmente, o governo encontra-se em busca de um “plano B”. Ainda assim, o programa está previsto apenas para 2021 e deve ser o carro-chefe para a tentativa de uma possível reeleição de Jair Messias Bolsonaro, se conseguir o financiamento necessário e, enfim, sair do papel.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Isabela Veríssimo
Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.