Vendas de automóveis cai 21,6% no terceiro trimestre; carros de luxo se destacam

Segundo os dados que compararam os terceiros trimestres dos anos de 2019 e 2020 da Fenabrave, entidade que representa os distribuidores de automóveis, eles apontam os impactos causados neste setor pela pandemia do Covid-19. Confira detalhes sobre vendas de automóveis.

Vendas de automóveis cai 21,6% no terceiro trimestre; carros de luxo se destacam
Vendas de automóveis cai 21,6% no terceiro trimestre; carros de luxo se destacam (Imagem: Google)

Ao todo, foram emplacados 565,6 mil veículos entre julho e agosto deste ano, uma diminuição de 21,6% nas vendas em comparação com este mesmo período no ano de 2019. A conta inclui carros de passeio, comerciais leves, ônibus e caminhões. 

Sem a pandemia do novo coronavírus, a mesma comparação previa um aumento de ao menos 5%, sendo essa já considerada como pessimista. 

Nesta quarta-feira (7), a Anfavea, associação de montadoras, irá publicar as novas estimativas do mercado para 2020. a entidade deve diminuir a estimativa inicial de baixa nos emplacamentos que era de 40%. Apesar desses fatores, se espera uma projeção que aponte perdas maiores que 30% neste ano em comparação ao ano de 2019. 

O terceiro trimestre de 2020 mostra que o segmento se transformou com a crise causada pela pandemia do Covid-19. Foi um período que obtivemos resultados atípicos, porém que tendem a se tornar regra. 

Nos meses de julho e setembro, modelos de carros mais caros chegaram ao primeiro lugar em vendas, Volkswagen T-Cross e Fiat Strada, respectivamente. Este resultado demonstra um novo cenário no mercado, pois desde 1990 os primeiros lugares do pódio vem sendo ocupados por modelos compactos que dispõem de versões populares. 

A mudança no ranking se deve a uma série de fatores. A Volkswagen, por exemplo, acelerou a produção do T-Cross a fim de diminuir a enorme fila de espera por versões voltadas para o público PCD. Porém o caso da Fiat Strada mostra um outro caminho. 

A picape expande com a possibilidade de cabine dupla de quatro portas, cujo preço se inicia em R$76 mil. O público cresce para além da pessoa jurídica que adquire o modelo como ferramenta de trabalho. Porém ser campeã de vendas não significa necessariamente que se tem volumes expressivos neste período Em setembro de 2012, o então líder Volkswagen Gol foi parar em 23,3 mil garagens. 

AvatarREDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.