Banco do Brasil promove leilões virtuais de imóveis esta semana; confira os detalhes

O Banco do Brasil (BB) em parceria com o Lance no Leilão, promoverá três leilões virtuais na próxima quinta-feira (08) às 11h, 12h e 14h, para a venda de 14 imóveis urbanos e rurais nos estados da Bahia, Santa Catarina e São Paulo. Os lances variam de R$ 162 mil a R$ 18,6 milhões.

Banco do Brasil promove leilões virtuais de imóveis esta semana; confira os detalhes
Banco do Brasil promove leilões virtuais de imóveis esta semana; confira os detalhes (Imagem: Reprodução/Google)

Dentre os imóveis oferecidos estão prédios, galpões, lojas e terrenos, sendo 1 localizado na cidade de Iaçu (Bahia), 3 em Itajaí e Monte Castelo (Santa Catarina) e 10 em Cunha, Jundiaí, Monte Mor, Piraju, Santos, São José do Rio Pardo, São Paulo, Taguaí e Tambaú (SP).

Os lances mínimos vão de R$ 162 mil, como exemplo uma área de terra em fazenda no interior de São Paulo, a R$ 18,6 milhões, como um prédio de 13 andares na região do Porto de Santos (SP) que inclui subsolo, térreo e sobreloja em 15 mil m² de área construída.

O Banco do Brasil ficará responsável por quitar eventuais valores de impostos, taxas e condomínios, até a transferência do imóvel ao arrematante. Lembrando que a compra dos imóveis nos leilões poder ser pagos à vista ou por financiamento, de acordo com a instituição financeira escolhida.

Pessoas físicas quanto jurídicas podem participar dos leilões. Para tal, é necessária a realização de um cadastro prévio com até 48 horas de antecedência no portal Lance no Leilão, onde estarão os editais completos. A visita presencial aos imóveis ofertados será possível, de acordo com os protocolos de segurança devido à pandemia da Covid-19.

Aumento na procura por leilões

Segunda a leiloeira oficial da Lance no Leilão, Carla Umino, a constante queda da taxa básica de juros (Selic) impactou de maneira significativa o crédito imobiliário e atraiu uma parcela maior de investidores e consumidores finais para o mercado de leilões, que se tornaram 100% online desde o início da quarentena.

Houve um aumento de 80% na participação de interessados nos eventos.

“O mercado de leilões registra uma demanda aquecida, devido à volatilidade do mercado financeiro. O investimento em imóveis ainda é uma das opções mais seguras, com menor oscilação”, explicou a leiloeira, que também destacou o aumento da busca por espaços para comportar centro de distribuições urbanos, devido ao crescimento do e-commece.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.