Saiba como NÃO cair em golpes durante a Black Friday 2020

O evento comercial mais popular dos últimos tempos, denominado Black Friday, surgiu nos Estados Unidos. Ele acontece na 4ª sexta-feira do mês de novembro, um dia após o Dia de Ação de Graças que é comemorado nos EUA. Saiba aqui algumas dicas para evitar golpes durante as suas compras.

publicidade
Saiba como NÃO cair em golpes durante a Black Friday 2020
Saiba como NÃO cair em golpes durante a Black Friday 2020 (Foto: Google)
publicidade

No Brasil a Black Friday, chegou no ano de 2010 e desde então vem ganhando cada vez mais força no mercado brasileiro.

O intuito desse evento comercial é estimular as vendas com preços promocionais e movimentar o mercado do varejo, tudo para aquecer a economia no final do ano.

E-mail e redes sociais

Os compradores devem ficar atentos ao “phishing”, que são e-mails enviados por golpistas se passando por lojas.

Neste, o golpista induz a pessoa a passar seus dados na hora de fazer a compra de um produto. 

O cliente acredita que está preenchendo um cadastro, quando está apenas fornecendo seus dados para os fraudadores, após isso eles realizam compras com os seus dados.

Endereço do site

Com a intenção de enganar os compradores e fazer com que eles informem os seus dados, os fraudadores usam variações de nomes em endereços de sites e e-mail.

Esses golpes induz o usuário a inserir os dados do seu cartão, pensando que está finalizando sua compra.

Além disso, eles querem ter acesso ao login e senha do site do comprador, para que assim consigam fazer compras com o acesso verdadeiro.

Para evitar esses golpes, os consumidores que ficarem em dúvida sobre o link que recebeu, feche a página e acesse o seu navegador para buscar a página oficial.

Os consumidores podem fazer uma consulta no Procon  (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor), que faz uma atualização de sites não confiáveis.

Promoções na Black Friday 

Desconfie de promoções muito boas principalmente de passagens ou de eletrônicos, que são os principais produtos da Black Friday. 

Os sites fraudulentos gostam sempre de dar ênfase aos preços muito baixos, para atrair clicks.

Compras em redes públicas

As compras em redes de wi-fi públicas devem ser evitadas, pois podem abrir a porta para golpes. 

Realizando compras nessas redes, o consumidor nunca sabe se os seus dados estão expostos, principalmente de cartão de crédito.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.