Prefeitura de BH deve anunciar hoje (24) novas regras para volta as aulas

Volta as aulas vira pauta na agenda pública de BH. Nesta segunda-feira (28), a prefeitura municipal irá avaliar como ficará a vida acadêmica dos alunos que tiveram as atividades suspensas mediante a chegada do novo coronavírus. As escolas estão com as portas fechadas há mais de seis meses e a previsão de retorno, marcada para o próximo dia 5, poderá ser adiada.

publicidade
Prefeitura de BH deve anunciar hoje (24) novas regras para volta às aulas (Imagem: Google)
Prefeitura de BH deve anunciar hoje (24) novas regras para volta as aulas (Imagem: Google)
publicidade

De acordo com o Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais (Sinep), a prefeitura deverá revogar o decreto que recolheu os alvarás de funcionamento das escolas em toda a capital. Dessa forma, os centros privados deverão permanecer dando aulas através de plataformas digitais.

“Se nesse pronunciamento não estiver na pauta a volta às aulas, em especial dos alunos da educação infantil, vamos tentar dialogar com o prefeito. As escolas trabalham com educação e qualquer processo de ensino e aprendizagem prevê escuta, fala e diálogo. Esperamos esta postura da Prefeitura de Belo Horizonte“, afirma Zuleica Reis, presidente do Sinep.

Risco de contaminação

O alvará de suspensão foi liberado pelo governo do estado assim que a pandemia passou a gerar efeitos na cidade. De acordo com a versão inicial do texto, os centros de ensino deveriam ficar paralisados até o dia 5 de outubro.

A principal justificativa para manter a decisão é de que crianças normalmente tendem a ser assintomáticas para a doença.

Dessa forma, segundo o Comitê de Enfrentamento à Covid em BH, o retorno em atividades de aglomeração poderia resultar em um alto índice de contágio entre familiares, professores e demais pessoas que se encontram no grupo de risco.

A ideia da gestão pública é que as escolas só voltam a funcionar presencialmente se os novos casos de Covid-19, por 100 mil habitantes, caírem 28 vezes – ou 96%. Atualmente, a taxa está em 143 por 100 mil.

Atividades remotas como plano B

Desse modo, para a rede de ensino privada, caberá aos coordenadores das instituições definirem modos online de manter as atividades.

Há muitos alunos recorrendo a plataformas como o google meet para poder se manterem atualizados das aulas e até mesmo fazerem os exames avaliativos.

 

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.