Pedidos de seguro desemprego de janeiro a setembro somam 5 MILHÕES

Os pedidos de seguro desemprego dispararam no início da pandemia de Covid-19, porém começaram a cair, tendo uma queda de 9,3% na metade de setembro. Mesmo assim, no acúmulo anual, o total de requerimentos subiu 6,7%.

Pedidos de seguro desemprego de janeiro a setembro somam 5 MILHÕES
Pedidos de seguro desemprego de janeiro a setembro somam 5 MILHÕES (Imagem: montagem/FDR)

Com a flexibilização das restrições sociais e com a volta do comércio, as solicitações de seguro desemprego teve uma queda na primeira quinzena de setembro.

A queda está sendo identificada desde o início do mês de junho. De acordo com dados da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, até a metade de setembro 218.679 benefícios de seguro desemprego foram solicitados, contra 241.102 pedidos registrados nos mesmos dias de 2019.

Mesmo com a queda de 9,3%, os pedidos de seguro desemprego continuam acumulados, chegando a 5.203.736, de 2 janeiro a 15 de setembro de 2020.

Com isso, há um aumento de 6,7% em relação ao acumulado do ano passado no mesmo período que chegou a 4.876.556.

Os dados foram divulgados na última quinta-feira (24) pela Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia. O órgão analisou os atendimentos presenciais nas unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e das Superintendências Regionais do Trabalho. Além disso, conferiu as solicitações realizadas por meios virtuais.

De acordo com os dados, houve um enorme aumento nos pedidos realizados por meio digital. Em 2019, 2,8% pedidos de seguro desemprego foram realizados pela internet durante a primeira quinzena de setembro. Em 2020, esse número foi muito maior, 62,9% dos benefícios foram solicitados pela internet no mesmo período.

No acumulado deste, 2.909.114 dos requerimentos de seguro-desemprego, ou seja, 55,9% foram pedidos pela internet, pelo portal do Governo Federal ou pelo aplicativo da carteira de trabalho digital. E 2.294.622 foram pedidos presencialmente, ou seja, 44,1% dos benefícios.

No acumulado de 2019, 98,4% dos requerimentos, ou seja, 4.796.231 tinham sido realizados nos postos do Sistema Nacional de Emprego e nas superintendências regionais.

Apenas 80.325, ou seja, 1,6% solicitou o pedido pela internet, através do site do Governo Federal ou pelo aplicativo carteira de trabalho digital.

Com esses dados é possível perceber que, mesmo tendo a opção online, muitos trabalhadores esperam a reabertura dos postos de atendimento da Sine para solicitar o benefício.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Pedidos de seguro desemprego de janeiro a setembro somam 5 MILHÕES

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA