Posto que nos últimos anos era ocupado pela cidade de Sobral, agora é da cidade interiorana de Mucambo, no Ceará. O Ideb 9,4 alcançado pelo município não só foi destaque no estado, mas também o maior do país.

publicidade
Mucambo (CE): Qual segredo para cidade do interior conseguir MAIOR nota do Ideb?
Mucambo (CE): Qual segredo para cidade do interior conseguir MAIOR nota do Ideb?(Imagem/Reprodução Google)
publicidade

O Governador do estado do Ceará, Camilo Santana, comemorou o feito:

“Isso significa que nossas crianças e jovens terão um futuro melhor. Tudo isso é possível graças às parcerias que temos realizado com os nossos municípios. São resultados que nos enchem de orgulho e indicam que estamos no caminho certo para termos um estado mais desenvolvido, justo e humano ”, disse ele.

A comemoração é grande não só pelo município de Mucambo, mas também por Sobral, que mesmo caindo várias posições, ainda se encontra entre os 10 melhores Índices do Brasil.

Políticas condutoras rumo ao Ideb

O prefeito da cidade, Francisco das Chagas Parente Aguiar, destacou como o município conseguiu atingir esse feito. Segundo ele, as políticas públicas os conduziram até esse patamar.

Ele destaca a ajuda que teve do estado em medidas como a melhoria da formação dos professores, o investimento em materiais didáticos próprios e de qualidade.

O cuidado com a educação tem sido tamanho que até mesmo durante a pandemia, com o isolamento social, os professores estão indo nas casas dos alunos que não têm acesso à internet. A iniciativa mostra que o município se preocupa em não deixar ninguém para trás.

Medidas que deram certo

Além dessas medidas, a secretária de Educação do município aponta para a importância do investimento em infraestrutura e do trabalho conjunto entre escola e família.

“Existe uma parceria perfeita entre escola e família. Há, ainda, o monitoramento individualizado de cada aluno do início ao fim de cada ano letivo, além de projetos pedagógicos direcionados, motivando os alunos a se sentirem protagonistas do próprio conhecimento”, disse ela.

Outra medida que merece destaque é o cuidado para diminuir a evasão escolar. Em algumas instituições do município quando o aluno falta por mais de dois dias, os gestores ligam, ou até mesmo visitam presencialmente, sua família.

Também é feita uma análise semanal individualizada dos alunos, para aqueles que apresentam dificuldades, o reforço escolar é oferecido.

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II.

Atualmente, trabalha com professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.