PONTOS CHAVES

  • Avaliação acontece durante os três anos do Ensino Médio
  • Novo sistema de avaliação aumenta chances de ingresso nas universidades
  • Sistema deve ser aplicado no Ensino Fundamental em 2022
  • Confira o calendário do Enem Tradicional

Apesar da pandemia, as atividades do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) seguem firmes para implantação em 2021. A avaliação compõe o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) seriado e é vista como mais uma oportunidade de ingressar nas instituições de ensino voltadas para graduação, dessa vez, através de provas anuais realizadas em cada um dos três anos do Ensino Médio.

publicidade
Enem Seriado começa em 2021: Veja tudo o que MUDA na nova avaliação do Inep
Enem Seriado começa em 2021: Veja tudo o que MUDA na nova avaliação do Inep (Imagem: Montagem/FDR)
publicidade

Algumas universidades brasileiras, como a Universidade Federal de Viçosa, em Minas Gerais, já são adeptas a esse sistema. Trata-se de uma prova ao final de cada ano.

Quanto mais bem colocados, maior a chance de assegurar uma vaga no curso escolhido sem precisar, necessariamente, se inscrever nos vestibulares ou na tradicional prova do Enem.

Nas provas, são avaliadas todas as áreas de conhecimento. De acordo com o presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Alexandre Lopes, a previsão é que o sistema também seja aplicado para o Ensino Fundamental a partir de 2022.

“O aluno vai poder fazer a prova do Saeb na sua escola, e com isso eles vão concorrer a vagas no Brasil inteiro, assim como é feito no Enem”, explicou sobre o objetivo da implementação do vestibular seriado.

Mais vagas em 2024

A previsão é que as provas do Saeb aconteçam em outubro de 2021, segundo informações do presidente, e não afetará a realização do Enem tradicional. Afinal, ele é outra forma que os alunos têm para ingressar na universidade.

É importante frisar que as vagas do Enem tradicional e do Enem seriado serão diferentes a partir de 2024.

Enem Seriado começa em 2021: Veja tudo o que MUDA na nova avaliação do Inep
Enem Seriado começa em 2021: Veja tudo o que MUDA na nova avaliação do Inep (Imagem: Montagem/FDR)

Interferência do novo coronavírus

Alexandre Lopes falou ainda sobre a influência da pandemia na criação desse novo sistema. “A gente começa [o Enem seriado] ano que vem [2021], e entendemos que ao longo do tempo podemos fazer ajustes nas matrizes, até observando a implementação do novo ensino médio nas redes estaduais”, disse.

Ele informou também que o Inep, em parceria com o Ministério da Educação, discute a possibilidade de fazer uma amostragem para estudos sobre o impacto da pandemia do novo coronavírus e a atual suspensão das aulas nos estudantes.

Segundo a secretária de Educação Básica do MEC, Izabel Pessoa, o “ministério vai repassar R$ 525 milhões para aliviar o rombo financeiro causado nesse momento de crise. Também irá fornecer apoio técnico para protocolos de biossegurança para o retorno às aulas presenciais, que já começa a acontecer. Todo o repasse será feito pelo programa “Dinheiro Direto na Escola”.

Com tais ações, serão contempladas aproximadamente 116,7 mil escolas dos ensinos Fundamental e Médio de redes estaduais e municipais, alcançando até 36,8 milhões de alunos em 5,1 mil municípios pelo país.

Enquanto isso…

Enquanto o Enem seriado não é implementado, os alunos que estão prestes a concluir o Ensino Médico se dedicam ao Enem Tradicional, que está batendo na porta.

Segundo as últimas informações divulgadas pelo MEC, as provas tradicionais acontecem nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021, com redação e 90 questões no primeiro dia e mais 90 questões no segundo.

Pela primeira vez na história, 100 mil estudantes farão as provas digitais nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021. Esse grupo é composto apenas por estudantes que já concluíram o Ensimo Médio ou estão no 3º ano.

No dia 10 de fevereiro de 2021, os gabaritos serão disponibilizados. Por fim, em 29 de março de 2021, o MEC divulgará o resultado para os estudantes.

O formato do exame permanece o mesmo, com questões de Linguagens e Códigos, Ciências Humanas, Ciências da Natureza e Matemática, totalizando 180 itens, além da redação.

Nos dois dias de prova, é obrigatório levar documento original com foto, caneta esferográfica de tinta preta com corpo transparente e cartão de confirmação do exame. Lanche e água são facultativos, mas sempre recomendados por causa do logo tempo de trabalho.

Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.