Nesta segunda-feira (14), a Unicamp definiu o calendário para que as atividades presenciais nos campi sejam retomadas. As aulas estão suspensas há cerca de seis meses por conta da pandemia do novo coronavírus. 

publicidade
Unicamp divulga calendário com VOLTA das aulas presenciais
Unicamp divulga calendário com VOLTA das aulas presenciais (Foto: Google)
publicidade

Uma das medidas que está dentro dos protocolos e diretrizes é o planejamento para a aplicação de testes RT-PCR em todos, incluindo professores, funcionários e alunos. 

Segundo o Ministério da Educação, a Unicamp foi a primeira instituição a interromper as aulas com o intuito de evitar a disseminação do novo coronavírus.

A universidades definiu que 20% dos seus servidores devem voltar as suas atividades a partir do dia 9 de outubro. Já os estudantes devem voltar para os campis a partir do dia 16 de novembro.

O plano de retomada está definido assim:

  • 19/10: até 20% de servidores;
  • 02/11: até 40% de servidores;
  • 16/11: até 60% de servidores, até 25% de alunos de graduação, pós-graduação e extensão e até 25% de crianças atendidas pelo Centro de Convivência Infantil/Serviço Socioeducativo;
  • 30/11: até 80% de servidores, até 50% de alunos de graduação, pós-graduação e extensão e até 50% de crianças atendidas pelo Centro de Convivência Infantil/Serviço Socioeducativo;
  • 14/12: até 100% de servidores, até 75% de alunos de graduação, pós-graduação e extensão e até 75% de crianças atendidas pelo Centro de Convivência Infantil/Serviço Socioeducativo;
  • 23/12 a 04/01/2021 – recesso de fim de ano
  • 04/01/2021: até 100% de servidores, até 100% de alunos de graduação, pós-graduação e extensão e até 100% de crianças atendidas pelo Centro de Convivência Infantil/Serviço Socioeducativo;

Segundo a Universidade, os servidores que vão voltar às suas atividades a partir do dia 19 devem realizar os testes entre 1 e 16 de outubro. A testagem será do tipo RT-PCR para que sejam detectado o novo coronavírus.

De acordo com a assessoria, esses testes serão realizados pelo Centro de Saúde da Comunidade (Cecom), e os funcionários vão ter que baixar e se registrar em um aplicativo que será usado para controle de sintomas da Covid-19, além de assistir às videoaulas sobre o retorno seguro das aulas na Unicamp.

Outras unidades da Unicamp

Esse plano de retomada foi definido levando em consideração as classificações em que estão as cidades de Campinas, Limeira e Piracicaba no Plano São Paulo.

Essas cidades devem ficar ao menos 28 dias consecutivos na fase amarela ou verde para assim, poderem retomar as aulas.

Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.