O concurso do Ministério Público para promotor de justiça estava suspenso por causa da pandemia, com o edital agora publicado, os interessados poderão solicitar a audição da reprodução da prova oral. Quando o prazo atual se encerrar, novas datas serão divulgas por meio de novos editais. As solicitações devem ser realizadas pela internet. Nessa etapa, até então, 42 candidatos foram aprovados.

publicidade
Ministério Público retoma concurso público com novo edital na Paraíba
Ministério Público retoma concurso público com novo edital na Paraíba (Imagem/Reprodução Google)
publicidade

Novo edital

O edital que marca a retomada do concurso é para aquelas pessoas que desejam ouvir a sua prova oral, a chamada “audição da reprodução dos registros fonográficos de sua Prova Oral”.

A data para realizar o requerimento é 16 e 17 de setembro de 2020, e ele só pode ser feito por meio do site da Fundação Carlos Chagas.

A empresa responsável pelo concurso ressalta que o prazo não será prorrogado e que o candidato não poderá efetuar essa solicitação durante as outras etapas.

Não foram divulgados os locais, nem as datas em que essa audição irá acontecer. Um edital com tais informações será publicado após o vencimento do prazo de requerimento.

O concurso público do MP

O concurso vem acontecendo já há um bom tempo, o primeiro edital foi lançado no ano de 2018 quando aconteceu a aplicação da prova objetiva.

No ano de 2019 foram realizadas a prova discursiva, os exames psicotécnicos e de saúde e a sindicância de vida pregressa. Já em 2020, no início do ano entre 3 e 13 de março, foi realizada a prova oral (que agora os candidatos podem fazer a audição).

O concurso visa preencher, inicialmente, 10 vagas de Promotor de Justiça Substituto, mas também existem vagas que possam surgir no Ministério Público Estadual. O salário é de R$ 24.818,90

Ao todo, são cinco etapas: Provas Preambular, Escrita, Oral, de Tribuna, avaliação conclusiva em Curso de Formação e avaliação da Prova de Títulos.

Requisitos do concurso

Para participar do concurso o candidato precisava:

  • Ser brasileiro
  • Estar quite com o TER e o serviço militar
  • Ter diploma de bacharela em direito
  • Ter experiência na área de Direito por no mínimo 3 anos
  • Ter idoneidade moral (faz parte de uma das etapas a investigação da mesma)
  • Não ter antecedentes criminais

 Acompanhe a seção Carreiras do portal FDR para mais informações sobre concursos e vagas de emprego.

Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II.

Atualmente, trabalha com professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.