Detran-PR divulga novo formato alfanumérico para placa de veículos

O Departamento de Trânsito do Paraná está com uma nova faixa de sequência alfanumérica para placas de veículos, após mudança para o padrão Mercosul. De acordo com o Detran-PR, as sequências seguem combinações entre RHA-0001 e RHZ-9999.

Detran-PR divulga novo formato alfanumérico para placa de veículos
Detran-PR divulga novo formato alfanumérico para placa de veículos (Imagem: Reprodução/Google)

No último domingo (6), o Detran do Paraná anunciou que conta agora com um novo formato de numeração e letras para as placas. A nova faixa alfanumérica faz parte do padrão Mercosul e o Paraná é o primeiro estado do Brasil a começar a usar.

A placa do Mercosul permiti um maior número de combinações com custo inferior a antiga. O valor reduzido é devido à ausência do lacre da placa traseira. Por exemplo, no Rio de Janeiro houve uma redução de R$25,51 do custo do lacre que deixou de ser cobrado.

A substituição está sendo gradual e não é obrigatória a troca. Por enquanto os veículos que precisam adotar a nova placa, são:

  • Carros novos;
  • Veículos que passaram por mudança de município;
  • Veículos que trocaram de categoria;
  • Veículos cuja placa atual não foi aprovada em vistoria;
  • Veículos em que a placa está ilegível ou danificada.

De acordo com o Detran a nova faixa alfanumérica deve seguir as combinações entre RHA-0001 e RHZ-9999. Com isso, será possível realizar 260 mil novas placas. Ao somar com a faixa antiga o estado pode ter até 500 mil placas para os novos veículos.

A solicitação da nova faixa foi realizada pelo Detran-PR, pois a combinação alfanumérica com a antiga estava esgotando após 30 anos de uso. A última liberada aconteceu em 20 de fevereiro de 1990, e permitia combinações de AAA-0001 a BEZ-9999.

A nova placa libera uma combinação de mais de 450 milhões de opções, já a antiga o máximo era de 175 milhões. Ainda são sete caracteres, porém são quatro letras (a antiga eram três letras) e três números (a antiga eram quatro números).

Outra mudança é que agora os números e letras podem ser misturados e não mais organizados de forma fixa na sequência LLL NNNN (L – letra/ N – número). Dessa maneira, cada país do Mercosul pode escolher uma disposição distinta.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.