Prouni e Fies vão oferecer 140 mil vagas remanescentes; inscrições começam em setembro

PONTOS CHAVES

  • O Prouni e FIES estão com as vagas que sobraram para inscrição;
  • O Prouni não cobra juros de seus usuários;
  • O FIES cobra juros sobre as parcelas dos estudantes.

Na última sexta-feira (28), o ministro da Educação, Milton Ribeiro disse que o Ministério vai abrir um processo seletivo para o preenchimento de cerca de 90 mil vagas para o programa Universidade para Todos (Prouni), e 50 mil do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). 

publicidade
Prouni e Fies vão oferecer 140 mil vagas remanescentes; inscrições começam em setembro
Prouni e Fies vão oferecer 140 mil vagas remanescentes; inscrições começam em setembro (Foto: Google)
publicidade

A seleção deve ser realizada em setembro, mas não foi informada a data exata. A mensagem foi passada por Ribeiro em uma videoconferência que foi promovida pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES).

Essas vagas são as que não foram ocupadas no processo seletivo regular, ou seja, são da lista de espera.

O Prouni é feito pelo governo e não cobra juros para os estudantes que têm renda familiar de até três salários mínimos por pessoa.

O percentual máximo do valor da bolsa é definida de acordo com a renda familiar, e os encargos educacionais cobrados pelas instituições de ensino.

O Fies funciona com recursos dos fundos constitucionais e dos bancos privados participantes, o que implica cobrança de juros.

Prouni

Prouni e Fies vão oferecer 140 mil vagas remanescentes; inscrições começam em setembro
Prouni e Fies vão oferecer 140 mil vagas remanescentes; inscrições começam em setembro (Foto: Google)

O Programa Universidade para Todos (Prouni) oferece bolsas de estudos integrais e parciais (50%), em instituições particulares de educação superior.

Podem concorrer às bolsas integrais, o estudante que comprovarem renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa.

Para se inscrever no Prouni o estudante brasileiro precisa ter feito o Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas. Além disso, o estudante não pode ter tirado zero na redação.

Como se inscrever?

As inscrições devem ser feitas pelo site, o candidato deve informar seu CPF e o número de inscrição do último Enem, juntamente com a senha cadastrada.

Ao preencher, o sistema irá mostrar os seus dados e a nota obtida no Enem, você deve confirmá-los ou realizar alteração, caso necessário.

Depois é preciso responder ao questionário de inscrição, com algumas perguntas obrigatórias como dados pessoais e financeiros do solicitante e do seu grupo familiar. E por fim, deve escolher duas opções de curso do seu interesse para concorrer à bolsa. 

Isso pode ser filtrado pelo nome da instituição de ensino, município ou curso. Ao indicar alguma dessas opções é hora de escolher as graduações que tem relação com a pesquisa, disponibilidade, de acordo com o seu perfil socioeconômico indicado no momento do preenchimento do questionário.

O que é FIES?

O Fies é um programa de financiamento estudantil para aqueles que desejam ingressar no ensino superior em universidade privada.

O programa hoje, possui duas categorias: a primeira oferece vagas com juros zero para os estudantes com renda mensal familiar de até três salários mínimos. 

A segunda é chamada P-Fies, que é direcionada para os estudantes que têm renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.

A grande diferença com o Prouni é que no sistema de financiamento o estudante precisa arcar com o curso mais tarde, enquanto que a bolsa de valores isenta o cidadão do valor.

Como se inscrever?

Os estudantes podem fazer as inscrições na página do Fies (http://fies.mec.gov.br/), clicando em “minha inscrição”. Para isso, é preciso criar uma conta “gov.br” por meio de cadastro no “Login Único” do governo federal.

O estudante terá o direito de escolher três opções de curso, turno e local de oferta entre os disponíveis no sistema. 

Os selecionados serão escolhidos de acordo com a nota que foi obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

De acordo com o edital, o desempate será dado por meio das seguintes notas, na ordem: redação; linguagens; matemática; ciências da natureza e ciências humanas.

Lista de espera

Aqueles que não foram chamados na pré seleção poderão disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera.

Diferentemente de outros  processos seletivos, para participar da lista de espera do Fies não é necessário manifestar interesse, a inclusão é feita automaticamente.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.