UFJF deve prorrogar aulas remotas com previsão de retorno para 27 de novembro

Universitários terão aulas presenciais suspensas. Nessa semana, o Comitê de Monitoramento e Orientação de Condutas sobre a Covid-19 da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) informou que estará adiando o calendário acadêmico. De acordo com o informe, a retomada deverá ser cancelada até o dia 27 de novembro, tendo em vista o avanço da pandemia do novo coronavírus na região.  

UFJF deve prorrogar aulas remotas com previsão de retorno para 27 de novembro (Imagem: Google)
UFJF deve prorrogar aulas remotas com previsão de retorno para 27 de novembro (Imagem: Google)

Mediante a pandemia do novo coronavírus, diversas universidades públicas e particulares precisaram reorganizar seus cronogramas de aula. Na UFJF, os alunos matriculados no primeiro semestre terão suas atividades realizadas de forma remota, mas a participação no campus só poderá ocorrer a partir do dia 27 de novembro.  

A data é a mesma de conclusão do fim do primeiro semestre letivo de 2020, onde os matriculados deverão finalizar as atividades online para assim retomarem presencialmente.

Nesse caso, as aulas não presenciais deverão começar a partir do dia 21 setembro, sendo ministradas pelas plataformas digitais da UFJF. 

É válido ressaltar que, as atividades no campus estão suspensas desde o dia 18 de março. A decisão foi tomada pelo Conselho Superior da instituição, que na sequência manteve a renovação da suspensão até o mês atual.  

Apesar da nova definição, o comitê informa que a qualquer momento a prorrogação poderá ocorrer novamente. A retomada depende exclusivamente do controle de infectados na região.  

Calendário acadêmico 

Dessa forma, os alunos devem ficar atentos aos novos prazos. De 17 até 21 de agosto ficou estabelecido o cadastramento de estudantes e docentes nas plataformas virtuais. O procedimento foi feito pelo Centro de Gestão do Conhecimento Organizacional (CGCO).

De 18 de agosto até 4 de setembro deverão ser publicadas as disciplinas e horários oferecidos por meio do acesso remoto. A ideia é que as turmas sejam separadas a partir do dia 11 de setembro.

Na sequência, os estudantes terão de 12 até 16 de setembro para escolher suas cadeiras e validar as matrículas que irão até o dia 30 do mesmo mês.  

Feito isso, bastará se conectar nas aulas durante o horário registrado no certificado de inscrição e realizar as atividades passadas pelos professores para a avaliação final. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.