Aprenda a consultar quanto a Caixa depositou de lucro do FGTS na sua conta

Caixa libera consulta para os segurados do FGTS. Se você tinha saldo em conta até dezembro de 2019, fique atento. A instituição bancária estará fazendo o repasse de todo o lucro obtido por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. O procedimento deverá beneficiar cerca de 167 milhões de brasileiros e seu valor total é de R$ 7,5 bilhões.  

publicidade
Aprenda a consultar quanto a Caixa depositou de lucro do FGTS na sua conta (Imagem: Google)
Aprenda a consultar quanto a Caixa depositou de lucro do FGTS na sua conta (Imagem: Google)
publicidade

Anualmente a Caixa Econômica faz a redistribuição do lucro gerado pelo FGTS. Para poder calcular o montante, a instituição leva em consideração todo o valor acumulado e usa as taxas econômicas básicas para assim definir o repasse por segurado.

Normalmente, cada conta deve receber em média um depósito de R$ 45. Entretanto, há uma chance de consultar para certificar o direito.  

Como consultar lucro do FGTS? 

Para poder verificar se obteve lucro pelo FGTS e qual o seu valor total, você tem duas opções.

A primeira é instalar o app FGTS em seu celular. Disponível na versão IOS e Android, a ferramenta solicita o número do cpf, data de nascimento e nome completo para poder liberar o acesso. Ao se conectar, é só selecionar a função saldo e conferir o extrato de transferências e retiradas.  

Outra opção de consulta é por meio do Internet Banking da Caixa. Nesse caso, o segurado também deve informar seus dados de acesso, selecionar a função FGTS > Saldo e conferir o histórico de suas contas.  

De acordo com o cronograma da Caixa, as verificações já podem ser feitas. Esse ano, o pagamento foi feito duas semanas antes do que o esperado pelo calendário oficial, que determinava que as liberações só ocorreriam a partir do dia 31 de agosto.  

Saque emergencial 

É válido ressaltar ainda que a Caixa está fazendo o pagamento do saque emergencial do FGTS para o mesmo grupo de trabalhadores.

Nesse caso, a retirada não é obrigatória e os cidadãos podem notificar se desejam ou não receber até R$ 1.045. Confira o calendário. 

Eduarda AndradeEduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.