Bolsa Família: Estes são os documentos preciso para atualizar seu cadastro

O Bolsa Família garante a sobrevivência de muitas famílias espalhadas pelo Brasil que não podem ficar sem a ajuda do programa. Desta forma, é importante que o cadastro seja atualizado a cada dois anos para controle de dados.

Bolsa Família: Quais documentos preciso para atualizar meu cadastro?
Bolsa Família: Quais documentos preciso para atualizar meu cadastro? (Imagem: Google)

A atualização cadastral precisa ser realizada pelo titular do benefício, ou seja, o chefe da família que representa todos os outros membros. Logo, a pessoa na qual tem o nome registrado no cartão.

Como se recadastrar no Bolsa Família

O recadastramento do programa tem que ser solicitado no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do município onde o beneficiário mora. Na verdade, esse processo atualiza as informações de cada um dos membros da família no CadÚnico.

Os documentos que serão pedidos para o recadastro são:

  • Documento de identificação original com foto – RG, CNH, entre outros
  • CPF original
  • Cartão do Bolsa Família
  • Título de Eleitor original – com as obrigações eleitorais em dia
  • Certidão de nascimento
  • Carteira de trabalho original dos membros da família economicamente ativos
  • Comprovante de matrícula escolar, no caso de crianças e jovens com até 17 anos de idade
  • Comprovante de residência válido dos últimos três meses.

Fazer a atualização dos dados é importante para comprovar que o benefício está sendo recebido, evitando a exclusão do cadastro.

Durante o estado de calamidade pública decretado em decorrência da pandemia do novo coronavírus, o benefício não poderá ser suspenso ou cancelado.

Além disso, beneficiários podem receber o auxílio emergencial em substituição ao Bolsa Família, caso se encaixem nos critérios.

Os beneficiários precisam se atentar também ao prazo de recadastramento do Bolsa Família que é a cada dois anos, ou quando há alterações nos dados. Por exemplo, nascimento ou morte na família, mudança de endereço e de saúde. A informação varia para cada pessoa e pode ser conferida no extrato ou informada no CRAS.

Considerações importantes sobre o Bolsa Família

O Bolsa família é um programa dinâmico, ou seja, todos os meses entram e saem novos inscritos.

O foco é sempre naqueles que vivem em condição de extrema pobreza. O maior motivo de saída de famílias é por falta de atualizações cadastrais ou por melhora na renda da família, não sendo mais necessário a ajuda do programa.

O descumprimento das condições colocadas pelo programa com saúde e educação podem levar também ao cancelamento do benefício. Porém, isso apenas em último caso, já que as condições são justamente para garantir o acesso aos direitos sociais dos mais pobres.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA