Novo Fies: Tudo o que precisa saber sobre o programa universitário

PONTOS CHAVES

  • Fies divulga calendário de 2020.2
  • Candidatos devem ficar atentos aos documentos solicitados
  • Critérios de seleção são alterados pelo governo
  • Validação do resultado deve ser feita com o banco

Governo Federal reformula projetos estudantis. Se você deseja entrar em uma universidade particular, mas não obtém recursos financeiros, fique atento as normas e calendários dos programas de ensino financiados pelo poder público. O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) já informou os prazos para as seleções de 2020.2.  

ProUni e Fies: É possível utilizar ambos os programas educacionais ao mesmo tempo?
Novo Fies: Tudo o que precisa saber sobre o programa universitário (Imagem: Google)

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um projeto do governo federal que tem como objetivo permitir que estudantes de baixa renda possam se matricular nas universidades privada.

Temporariamente, o projeto custeia todas as mensalidades da instituição, cobrando ao aluno a devolução desse valor com um prazo de até 14 anos após sua formatura.  

Quem pode participar do Fies 

Para poder participar do Fies, o ponto mais importante é ter realizado a prova do Enem. Atualmente, o tempo de validade do exame é até o ano de 2010, exigindo uma média de até 450 pontos na prova geral e não podendo ter tirado 0 na redação.  

Além da avaliação, há uma outra série de critérios para a validação da inscrição. Os candidatos precisam ter uma renda per capita de até 3 salários mínimos, e não podem apresentar histórico de dívidas em programas de financiamento estudantil.  

É válido ainda ressaltar que, mesmo os inscritos no Programa Universidade Para Todos (ProUni) têm o direito de participar do Fies, desde que a seja para tenta a mesma graduação e o valor da mensalidade não ultrapasse a soma do ProUni.  

Datas do Fies 2020/2

  • Inscrições: 28 a 31 de julho  
  • Resultado: 4 de agosto  
  • Complementação das informações: 4 a 6 de agosto  
  • Lista de espera: 4 a 31 de agosto 

Como se inscrever no Fies?

Para poder se candidatar é preciso ficar atento aos prazos do projeto. Normalmente, são realizadas duas seleções por ano, sendo a primeira no mês de janeiro e a segunda em julho.

O processo de inscrição é feito todo online, pelo site do FiesSeleção, onde o usuário deverá conectar seu login por meio do CPF e senha registrados no Enem. Veja o passo a passo: 

  • Acesse o site do fies e clique em ‘minha inscrição > primeiro acesso’;
  • Depois informe o número do seu CPF e data de nascimento. Automaticamente o portal irá se conectar com seu registro do enem e você deverá informar a senha de acesso para receber o link de ativação da inscrição;  
  • Basta clicar no link enviado, conformar a solicitação e seguir as orientações repassadas; 
  • Feito isto, volte a página do Fies, selecione a opção ‘já sou cadastrado’ e informe o número do CPF e senha registrados anteriormente;  
  • Preencha os dados dos membros familiares, informe as documentações solicitadas e o número total de sua renda;  
  • Depois, basta escolher o curso de preferência, podendo tentar até três oportunidades.
Novo Fies: Tudo o que precisa saber sobre o programa universitário (Imagem: Google)

Para 2020, o Fies está ofertando 100 mil vagas, de acordo com o MEC. Dessa forma, o nível de prioridade dos aceitos leva em consideração os seguintes pontos:  

Regiões Prioritárias 

Avalia as regiões com menor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), como Norte e Nordeste.   

Cursos prioritários  

Cursos nas áreas de Saúde, Engenharia e Computação e licenciaturas, Pedagogia e Normal Superior, o equivalente a 60% das oportunidades.  

Prioridade para cursos com melhores notas  

Nesse caso, a seleção varia de acordo com a média das instituições, determinadas pelo MEC. Ao todo, a divisão ocorre a partir dos conceitos abaixo: 

  • Conceito 5: 35% das vagas  
  • Conceito 4: 30% das vagas  
  • Conceito 3: 25% das vagas  
  • Cursos recém autorizados: 10% das vagas 

Resultado do Fies 

O resultado do programa é divulgado também na página e o candidato deve ficar atento as listas de espera. Sendo aceito, ele deve fazer sua pré-inscrição pela internet.

Depois precisa ir até o centro de ensino e procurar pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) para concluir a análise de seus documentos. Por fim, basta ir até o banco, apresentar o contrato e valida-lo.  

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.