Prouni: Quem pode se inscrever? Quais os benefícios? E novas regras para 2021

PONTOS CHAVES

  • Prouni fornece vagas em universidades com até 100% de desconto
  • Interessados devem se inscrever no site seguindo o calendário do MEC
  • Matrículas do segundo semestre começam nos próximos dias

Projetos educacionais são uma oportunidade para ingressar no mercado de trabalho. No Brasil, o ministério da educação administra uma série de programas que têm como finalidade garantir aos jovens de baixa renda uma vaga na universidade. Entre eles, está o Programa Universidade Para Todos (Prouni). Se você deseja começar a sua graduação e quer contar com um financiamento do governo, confira!  

Prouni: Quem pode se inscrever? Quais os benefícios? E novas regras para 2021 (Imagem: Reprodução - Google)
Prouni: Quem pode se inscrever? Quais os benefícios? E novas regras para 2021 (Imagem: Reprodução – Google)

O Prouni funciona como um programa de inclusão educacional. Desenvolvido desde 2004, ele tem como finalidade conceder bolsas para que os brasileiros de baixa renda possam se matricular em uma universidade particular.

O valor do desconto varia entre 50% (parciais) até 100% (integrais), e normalmente é ofertado na maioria das grandes universidades brasileiras.  

Quem é aprovado no Prouni ganha o direito de realizar toda a graduação na faculdade desejada, sem precisar custear o valor total da mensalidade. A definição da porcentagem da bolsa varia de acordo com a renda do estudante, mas no caso dos pagantes há ainda um bom prazo de negociação e isenção de 50%.

A validade do programa é de até 5 anos (tempo de duração total do curso escolhido) e para ter acesso ao mesmo é necessário cumprir uma lista de critérios.  

Quem pode participar do Prouni? 

Para se candidatar a uma vaga o estudante precisa antes de mais nada ter feito o Enem e tirado uma nova mínima de 450 pontos.

Além disso, não é possível ter zerado a redação e se enquadrar nas seguintes determinações:  

  • Ter renda familiar, por pessoa, de ate três salários mínimos; 
  • Ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou ter cursado parte ou todo o ensino médio em escola privada com bolsa integral; 

Como se inscrever? 

Para fazer a inscrição é preciso acessar o site do ProUni no período informado pelo Ministério da Educação (MEC) e preencher o formulário solicitado.

Além disso, é preciso fornecer o número de inscrição e senha do Enem e também escolher até duas opções de instituições, cursos e turnos entre o que estiver disponível. Depois, basta aguardar o resultado com a lista final de aprovados. 

Normalmente, a classificação é dividida em etapas. Há os primeiros aprovados, depois o programa conta com uma lista de remanejamento.

Outro ponto também importante é que dentro do Prouni há uma lista de cotas para pessoas negras, índios e com deficiência. Nesse caso, é preciso notificar a situação no ato da inscrição para garantir a avaliação dentro do grupo selecionado.  

Prouni: Quem pode se inscrever? Quais os benefícios? E novas regras para 2021 (Imagem: Reprodução – Google)

Em caso de empate, quais os critérios do Prouni? 

Para os candidatos com as notas iguais, o programa desempata mediante as seguintes determinações:

  • Candidato com maior nota na Redação;
  • Candidato com maior nota na prova de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias;
  • Candidato com maior nota na prova de Matemática e suas Tecnologias;        
  • Candidato com maior nota na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias;      
  • Candidato com maior nota na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias. 

Matrícula na universidade 

Depois de selecionado, o estudante deve ir até a universidade e levar seus documentos para à secretaria de matricula.

Nela, será informado sobre todos os procedimentos necessários, deverá preencher a ficha de inscrição do Prouni e na sequência assinará o Termo de Concessão, passando a ser inserido no programa de bolsa. 

Desclassificação por mau desempenho 

Uma vez aprovado, o estudante ainda precisa ficar atento aos riscos de ter sua bolsa cancelada. Quem entra na universidade pelo Prouni não pode ter uma nota inferior à média da instituição.

Além disso, precisa ter um rendimento superior a 75% em todas as disciplinas de cada período letivo. Em caso de reprovação por falta de nota ou presença, o jovem é automaticamente desligado do projeto. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA