Pernambuco prorroga prazo para retorno da volta às aulas em todo estado

Aulas em Pernambuco permanecessem suspensas. O governo do estado informou que estará prorrogando, até o dia 15 de agosto, a realização das atividades presenciais nos centros de ensino. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação e Esportes, está sendo estruturado um plano de retomada que deverá ser aplicado para o ensino básico e superior da rede pública e privada. O projeto deverá ser publicado em breve.   

Pernambuco prorroga prazo para retorno da volta às aulas em todo estado (Imagem: Google)

Mediante a pandemia do novo coronavírus, os estudantes de Pernambuco permanecerão realizando suas atividades por acesso remoto.

Na rede pública, o governo instaurou a plataforma Educa-PE, onde os matriculados podem ter acesso as apostilas de estudos e aulas gravadas. Além disso, também estão sendo feitas transmissões educacionais pela TV aberta.  

Já na rede privada, cada instituição está definindo o modo de ensino. De modo geral, os alunos estão assistindo aula e postando suas atividades pela plataforma Google Meet, administrada pelo Google. Os professores devem cumprir o horário de aula, dando o conteúdo previsto para as salas físicas, nas plataformas digitais.  

É válido ressaltar que os centros de ensino estão com as portas fechadas desde o dia 18 de março, quando começou a ser aplicado o plano de isolamento social para a contenção do covid-19.

No último dia 15, o governo já tinha informado que estaria elaborando uma estratégia para as escolas, faculdades, universidades e cursos livres reabrirem. Entre as medidas de segurança, será preciso aplicar ações de distanciamento social, proteção e prevenção, uso obrigatório de máscaras e aferição da temperatura.  

“Alguns conteúdos que a gente não consiga avançar em 2020 poderão ser objeto de trabalho, de olhar diferenciado, em 2021. O tempo que vai ser necessário para a conclusão do ano letivo está diretamente relacionado à data de retomada. Se necessário, vamos avaliar a necessidade de ampliar até janeiro, fevereiro”, disse o secretário estadual de Educação e Esportes, Fred Amancio.  

O gestor explicou ainda que, mesmo com as medidas de segurança, os pais que desejarem manter os alunos da rede privada com as atividades remotas terão esse direito.  

“Considerando a diversidade das curvas epidemiológicas em Pernambuco, admite-se que o cronograma de reabertura possa ser regionalizado e híbrido, com aulas presenciais e online, de acordo com a situação epidemiológica do município ou da microrregião do estado. Em respeito à posição de cada família, os estudantes poderão permanecer no sistema remoto, se assim desejarem”, completou. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.