Três formas de agendar o seu atendimento no INSS sem sair de casa

PONTOS CHAVES

  • O INSS disponibilizou diversos serviços pelo aplicativo por conta da pandemia
  • As agências só irão atender aqueles que fizerem agendamento dos seus atendimentos
  • Outros meios de agendamento são o site do INSS e o número 135

Por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus, muitas pessoas estão preferindo fazer as suas tarefas pelo celular. Isso acontece também com os segurados do INSS. Saiba aqui três formas de agendar o seu atendimento usando os canais remotos criados pela Previdência Social.

Três formas de agendar o seu atendimento no INSS sem sair de casa
Três formas de agendar o seu atendimento no INSS sem sair de casa (Foto: FDR)

Agências

O atendimento presencial foi suspenso no final de março, para evitar aglomeração nas agências e assim bloquear a disseminação do coronavírus.

As agências ficarão fechadas, porém os servidores ainda estão trabalhando de maneira remota em suas casas. Por isso, o atendimento está sendo realizado todo pela internet.

O governo deve detalhar as diretrizes e protocolos que devem ser seguidos para que o segurado seja atendido com segurança e conforto nas unidades. Essas medidas tem como objetivo proteger as pessoas durante o período de enfrentamento do coronavírus. 

Na primeira fase de reabertura gradual que acontece no dia 24 de agosto, serão priorizados os serviços de perícia médica, avaliação social, cumprimento de exigência, justificação administrativa e reabilitação profissional.

Com o retorno destes serviços a ideia é acelerar os processos, uma vez que precisam essencialmente do atendimento presencial.

Atualmente, para qualquer um desses serviços pode ser realizado o agendamento pelo Meu INSS ou pelo telefone 135. 

Meu INSS e Site

Três formas de agendar o seu atendimento no INSS sem sair de casa
Três formas de agendar o seu atendimento no INSS sem sair de casa (Foto:Google)

Caso o segurado tenha alguma dúvida de como acessar o Meu INSS (site e aplicativo), gerar sua senha e aprender a solicitar serviços e benefícios, basta acessar o portal de serviços do INSS

O aplicativo foi criado para proporcionar mais facilidade para o cidadão nos benefícios previdenciários ou assistenciais. Pode ser acessado pela internet do seu computador ou pelo seu próprio telefone celular (Android e iOS). Por lá, estão disponíveis mais de 90 serviços.

Caso o usuário ainda não seja cadastrado no Meu INSS, é preciso acessar o site acesso.gov.br e se inscrever. 

Essa mudança faz parte da ação do Governo para unificar os logins, portais e sites institucionais a fim de facilitar a vida do cidadão que busca os serviços públicos na internet.

A senha inicial do Meu INSS também pode ser obtida pelos sites dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, Itaú, Mercantil do Brasil, Santander, Sicoob, Sicredi. E diretamente nas agências de atendimento do INSS.

Caso o contribuinte ainda tenha dúvidas o beneficiário pode ligar no telefone 135 e tirar todas elas. Para agendar clique em “Agendamentos/Solicitações”, e abrirá uma página com todos os seus requerimentos.

Caso precise agendar clique no ícone “Novo requerimento” no canto inferior direito. Depois, aparece uma nova aba com os serviços que podem ser agendados, escolha o seu.

Leia as próximas páginas com atenção, pois pode ser necessário preencher mais alguns dados ou anexar documentos. Depois procure uma agência próxima a sua residência e pronto. 

Telefone do INSS

Pela central telefônica 135 funciona de segunda a sábado, de 7h às 22h. A ligação é gratuita quando feita de um telefone fixo e o custo é de uma ligação local, quando feita de celular.

Documentos

Para dar entrada na aposentadoria por tempo de contribuição, ou na aposentadoria por idade, são necessários alguns documentos como RG, CPF, comprovante de residência, todas as carteiras de trabalho devidamente atualizadas, NIT (Número de Identificação do Trabalhador) ou PIS/Pasep, certidão de reservista (para homens) e, caso tenha contribuído como facultativo ou autônomo, os carnês de recolhimento ao INSS.

Além disso, também é necessário o CNIS, Cadastro Nacional de Informações Sociais, que reúne informações dos trabalhadores brasileiros, como recolhimentos à Previdência Social.

Sistema drive-thru

O INSS informou que suas agências em alguns estados vão disponibilizar uma urna para que as pessoas entreguem documentos.

Esses documentos são os faltantes para que seja realização da análise do requerimentos. 

O serviço está sendo denominado de “cumprimento expresso de exigência” e é quase um “Drive-Thru”, para que possam ser agilizadas as conclusões dos processos.

Os documentos deixados não podem ser os originais e antes de ser levados, os segurados devem consultar se há alguma pendência.

As urnas serão disponibilizadas para que sejam analisados os requerimentos.  Funcionando nas agências de segunda a sexta-feira das 7h às 13h. 

A ideia do instituto é agilizar a análise de benefícios que estão parados por falta de documentação. Fora do envelope é necessário constar os seguintes dados: 

  • Nome completo do segurado 
  • CPF do segurado 
  • Endereço completo com CEP 
  • Número do telefone do segurado com o DDD, ou telefone para recado com o nome de quem o receberá 
  • Endereço de e-mail, se tiver 
  • Data em que o envelope está sendo deixado na agência.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.